<
>

Bola de Prata: Arana deixa 'frustração' na Europa para trás e fecha 'ano mágico' no Atlético-MG como melhor lateral do Brasil

play
Bola de Prata: Guilherme Arana vence como melhor lateral-esquerdo; Mário Marra analisa (0:45)

Premiação acontece nesta sexta-feira, 12h, com transmissão dos Canais ESPN e ESPN App (0:45)

“O momento é mágico”. É assim que Guilherme Arana define a sua temporada. E não é por menos! O título brasileiro acabou escapando, é verdade, mas a volta ao Brasil o fez realizar o sonho de ser convocado para a seleção. E as excelentes atuações pelo Atlético-MG o fazem agora realizar outro: levar o Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet como o melhor lateral do país.

Arana havia batido na trave em 2017, quando foi campeão brasileiro pelo Corinthians, e o surgimento meteórico o levou rapidamente à Europa.

Mas a passagem pelo Velho Continente acabou não sendo como o esperado.

CLIQUE AQUI E VEJA A SELEÇÃO COMPLETA DO BOLA DE PRATA 2020

Ele mesmo admite a frustração. Mesmo com boas partidas – fez até gol no Barcelona com a camisa do Sevilla -, nunca conseguiu ganhar uma grande sequência dos treinadores que teve.

Sorte do Atlético-MG, que conseguiu buscá-lo de volta!

Ainda com 23 anos de idade, Arana provou em campo que segue no topo. Pelo Galo, virou uma arma ofensiva ainda maior! Foram seis assistências e quatro gols no Brasileirão, números excelentes principalmente para um lateral-esquerdo.

A chance na seleção veio em novembro, pelas eliminatórias, com o “paizão” Tite para o jogo com o Uruguai.

Arana ainda mantém uma tradição recente do Atlético-MG e se torna o quarto jogador do clube a ganhar a Bola de Prata da lateral-esquerda, o terceiro nas últimas seis temporadas – Douglas Santos conquistou em 2015 e Fábio Santos no ano seguinte.

Gols, assistências, seleção brasileira e Bola de Prata. Era quase impossível o retorno ao Brasil ser mais mágico!