<
>

Rogério Ceni livra Bahia da degola e é o melhor técnico da 38ª rodada no prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet 2023

O Bahia goleou o Atlético-MG por 4 a 1, na última rodada do Brasileirão, e garantiu sua permanência na Série A em 2024.

Com dois jogadores na seleção (o zagueiro David Duarte e o meia Thaciano), além do técnico Rogério Ceni, o Tricolor baiano foi o time com mais representantes na 38ª rodada no Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet 2023.

*Conteúdo oferecido pela Sportingbet

Essa é a segunda rodada em que Ceni termina como o melhor técnico da rodada nessa reta final de campeonato. Na 35ª rodada, ele ficou na primeira posição após a goleada histórica de 5 a 1 sobre o Corinthians, em São Paulo.

Já o maior pontuador da rodada foi o atacante Clayson, do Cuiabá, que comandou a vitória sobre o Athletico-PR por 3 a 0 na Arena Pantanal. Clayson marcou dois gols e deu ainda uma assistência para Derik Lacerda.

No top-5 da rodada entraram também o atacante Luis Suárez, do Grêmio (autor de dois gols na vitória sobre o Fluminense por 3 a 2 no Maracanã); o meia Thaciano, do Bahia (que marcou um gol e deu duas assistências); o lateral-esquerdo Luciano Juba, do Bahia (um gol e uma assistência); e o meia Alan Patrick, do Internacional (um gol na vitória sobre o Botafogo).

A seleção da 38ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Weverton (Palmeiras), Paulo Henrique (Vasco), David Duarte (Bahia), Allyson (Cuiabá) e Welington (São Paulo); Luís Oyama (Goiás), Alan Patrick (Internacional) e Thaciano (Bahia); Clayson (Cuiabá) e Luis Suárez (Grêmio). Técnico: Rogério Ceni (Bahia)

A seleção geral do campeonato será divulgada na cerimônia de premiação nesta quinta-feira, às 12h, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.

Melhores de cada rodada no prêmio Bola de Prata ESPN 2023:

  • 1ª rodada: John Kennedy (Fluminense), 7,03

  • 2ª rodada: Maurício (Internacional) 7,10

  • 3ª rodada: Moisés (Fortaleza) 7,88

  • 4ª rodada: Raphael Veiga (Palmeiras) 6,88

  • 5ª rodada: Raphael Veiga (Palmeiras) 7,46

  • 6ª rodada: João Paulo (Santos), 7,47

  • 7ª rodada: Luis Suárez (Grêmio), 7,77

  • 8ª rodada: Cássio (Corinthians), 7,20

  • 9ª rodada: Ayrton Lucas (Flamengo), 7,57

  • 10ª rodada: Tiquinho Soares (Botafogo), 7,01

  • 11ª rodada: Henry Mosquera (RB Bragantino), 7,53

  • 12ª rodada: Luis Suárez (Grêmio), 7,13

  • 13ª rodada: Arrascaeta (Flamengo), 7,37

  • 14ª rodada: Marcos Leonardo (Santos), 7,13

  • 15ª rodada: Calleri (São Paulo), 7,12

  • 16ª rodada: Marcos Leonardo (Santos), 6,65

  • 17ª rodada: Gustavo Sauer (Botafogo), 7,61

  • 18ª rodada: Cauly (Bahia), 7,38

  • 19ª rodada: Luís Henrique (Botafogo), 7,13

  • 20ª rodada: Cauly (Bahia), 7,46

  • 21ª rodada: Raphael Veiga (Palmeiras) 6,92

  • 22ª rodada: Bruno Henrique (Flamengo), 7,57

  • 23ª rodada: Gabriel Pec (Vasco), 7,38

  • 24ª rodada: Vegetti (Vasco), 7,04

  • 25ª rodada: Rincón (Santos), 7,44

  • 26ª rodada: Everaldo (Bahia), 7,87

  • 27ª rodada: Eduardo Sasha (Red Bull Bragantino), 7,11

  • 28ª rodada: Maurício (Internacional), 7,43

  • 29ª rodada: Piquerez (Palmeiras), 8,4

  • 30ª rodada: Walter (Cuiabá), 7,47

  • 31ª rodada: Endrick (Palmeiras), 7,87

  • 32ª rodada: Rossi (Flamengo), 7,03

  • 33ª rodada: Luis Suárez (Grêmio), 8,93

  • 34ª rodada: Hulk (Atlético-MG), 7,07

  • 35ª rodada: Thaciano (Bahia), 7,99

  • 36ª rodada: Paulinho (Atlético-MG), 7,68

  • 37ª rodada: Hulk (Atlético-MG), 7,17

  • 38ª rodada: Clayson (Cuiabá), 7,46