<
>

ESPN Bola de Prata Sportingbet: Ícone da Ferroviária, Luana se inspira em Formiga para quebrar marcas no futebol e levar prêmio

Luana, da Ferroviária, venceu o Bola de Prata como zagueira Dalton Cara/Arte ESPN

Luana Sartório pode ter apenas 25 anos, mas já virou lenda da Ferroviária. A defensora, além de ser uma grande referência do clube paulista, foi dominante em 2023, brilhando no Brasileirão feminino e sendo coroada no Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet.

Tendo Formiga como maior ídolo por identificação pessoal, Luana começou a jogar futebol por influência do pai e irmão, que também jogavam. Desde sempre, ela treinava em escolinhas para crianças, mas não muito diferente de outras garotas, não tinha meninas para jogar.

Assim, ela integrou a categoria de base da Ferroviária e chegou ao time profissional em 2015. Com mais de 200 partidas e 21 gols marcados, a zagueira já é um ícone das Guerreiras Grenás.

No Brasileirão de 2023, a jogadora foi peça-chave da Ferrinha, que terminou na terceira colocação da primeira fase e, após eliminar o Internacional nas quartas e São Paulo na semifinal, acabou sucumbindo para o Corinthians na decisão.

O desabrochar de Luana para o futebol foi cedo. Não à toa, em agosto de 2022, ela se tornou a jogada mais jovem a alcançar os 100 jogos pela primeira divisão nacional, com apenas 23 anos, 10 meses e 30 dias.

Na atual temporada, ela atuou em 20 das 21 partidas do clube do interior paulista, sendo o porto-seguro da técnica Jéssica Lima. Além disso, ela colaborou com mais dois gols e duas assistências.

Diferente de 2019, quando a Ferroviária se sagrou campeã nacional, rendendo até uma homenagem em forma de tatuagem no corpo da atleta, o título não veio em 2023. Contudo, nem uma derrota na decisão tirou a Bola de Prata de Luana, a primeira da carreira.

Agora, a zagueira sonha em dar um salto ainda maior. Com passagens pelas seleções brasileiras sub-18, onde foi campeão do Sul-Americano de 2018, e sub-20, a defensora fica na expectativa por uma convocação para a equipe principal e, assim, continuar seguindo os passos de sua grande referência no esporte, a lenda Formiga.