<
>

Lyon anuncia a venda de Shaqiri para time da MLS por quase R$ 42 milhões

play
Lucas Paquetá entrevista Lucas Paquetá! Brasileiro zoa Rodinei, fala sobre ídolo, revela golaço favorito e mais; VEJA (1:57)

Vídeo foi publicado nas redes sociais | via @Ligue1_POR (1:57)

Atacante suíço vai defender o Chicago Fire, da MLS


O Lyon confirmou, nesta quarta-feira, a venda do atacante suíço Xherdan Shaqiri ao Chicago Fire, dos Estados Unidos. O clube informou que a transferência do atleta, que também atua como meia, foi concretizada por 7 milhões de euros (R$ 41,7 milhões).

Revelado pelo Basel-SUÍ, o jogador de 30 anos também defendeu Bayern de Munique, Internazionale, Stoke City e Liverpool antes de assinar com a equipe francesa em agosto de 2021. No entanto, ele não conseguiu se firmar como titular no time de Lucas Paquetá – foram 16 jogos, dois gols e três assistências.

O técnico Peter Bosz conta com Houssem Aouar como principal opção para substituir Shaqiri diretamente. O jovem francês entrou no lugar do suíço e exerceu a função de meia-atacante em alguns compromissos. Além dele, a joia Rayan Cherki, de 18 anos, pode jogar como ponta.

O Chicago, por sua vez, foi o antepenúltimo colocado da Conferência Leste da Major League Soccer na última temporada. Já na classificação geral, terminou na 22ª posição entre os 27 clubes que disputaram o principal torneio de futebol dos Estados Unidos.

Depois de Shaqiri, um dos principais nomes da equipe estadunidense é o argentino Federico Navarro. Formado na base do Talleres, o volante de 21 anos foi contratado em 2021 por 4 milhões de euros (R$ 23,8 milhões atualmente).