<
>

Paulo Sousa lembra ex-Flamengo que mudou sua carreira de jogador e diz que se arrepiou ao conhecer Zico

play
Tite elogia Gabigol por antecipar retorno das férias no Flamengo: 'Mais do que falar, é se comportar' (0:41)

Técnico da seleção brasileira convocou jogadores para as eliminatórias nesta quinta-feira (0:41)

Paulo Sousa recordou com carinho de alguns brasileiros que fizeram parte de sua carreira como jogador, incluindo Mozer, ex-jogador do Flamengo


Novo técnico do Flamengo, Paulo Sousa foi jogador profissional entre 1989 e 2002 e atuou com vários brasileiros ao longo da carreira. No entanto, o português tem um carinho especial por alguns atletas.

Em entrevista à FlaTV, Paulo Sousa recordou alguns brasileiros que o ajudaram na carreira, incluindo o ex-zagueiro do flamenguista Mozer.

“Tive a oportunidade de vivenciar vitórias e experiências culturais e futebolísticas com alguns brasileiros. No Benfica, foi com Mozer, que marcou uma época histórica no Flamengo, e Ricardo Gomes, dois zagueiros muito importantes no meu crescimento”.

“Eu jogava como extremo, como atacante, como meia ofensivo, e aí chegou um treinador, o Sven-Goran Erikson, que me colocou para jogar de primeiro volante. Mozer e Ricardo foram extraordinários, ao orientar meu posicionamento. Foi como jogar videogame”.

O técnico do Flamengo também lembrou com carinho do ex-zagueiro Júlio César, que jogou com ele no Borussia Dortmund entre 1996 e 1998, do ex-zagueiro Aldair, seu companheiro no Benfica em 1989 e 1990, e de Ronaldo Fenômeno, com quem atuou na Inter de Milão em 1998 e 1999

Júlio César, uma das pessoas mais extraordinárias que conheci e de uma qualidade de jogo incrível no Dortmund. Aldair, foi pouco tempo, mas de uma qualidade top. A forma de leitura, a antecipação, como via o jogo. E, claro, o Ronaldo 'Fenômeno', foi outro jogador que vivenciei. Tínhamos uma relação extraordinária, um jogador que marcou no mínimo uma década do futebol mundial”.

Por fim, Paulo Sousa também falou sobre Zico, ídolo flamenguista, e disse que ficou arrepiado quando conheceu o ex-meia.

Zico é uma das grandes referências da história do Flamengo, tive oportunidade até pouco tempo de conviver com ele no Japão. Vi todo aquele humanismo que ele tem, até com alguns arrepios por conhecê-lo. Pela experiência que tive na China, chegamos a competir um com o outro”.

play
1:16

Elenco do Flamengo se prepara para a estreia no Campeonato Carioca; VEJA

Via @Flamengo I Vídeo mostra preparação física dos atletas e também trabalho com a bola