<
>

Vice do Flamengo chama VAR de brincadeira, e Bruno Henrique ironiza amarelo para Kayzer

Dunshee e Bruno Henrique se referiram à cor do cartão modificada ao atacante Renato Kayzer pelo árbitro Marielson Alves Dias após consulta ao VAR


Durante o primeiro tempo entre Athletico-PR e Flamengo, quando os cariocas já venciam por 2 a 0, um lance chamou atenção: a expulsão de Renato Kayzer que foi anulada pelo VAR.

Após entreveiro com Léo Pereira, o atacante do Furacão recebeu o vermelho direto. No entanto, após consulta ao VAR, o árbitro Marielson Alves Dias voltou atrás e deu só amarelo.

A mudança da cor do cartão revoltou flamenguistas nas redes sociais. Rodrigo Dunshee, vice-geral e jurídico do clube, chamou de 'brincadeira' a expulsão cancelada, enquanto Bruno Henrique, ausente da partida por conta de suspensão, afirmou seria expulso se estivesse no lance.

"E essa expulsão cancelada pelo VAR ?? Brincadeira!....", escreveu Dunshee.

"Se é Eu nesse lance do Léo o árbitro o Var tinha me expulsava Hahahaha brincadeira isso", ironizou o camisa 27.

Veja abaixo as postagens:

Com a vitória parcial, o Flamengo vai chegando aos 52 pontos e, caso o Atlético-MG não vença o Grêmio, diminuirá a distância para o Galo para sete pontos.