<
>

Brasileirão: Atlético-MG leva virada do Atlético-GO, perde invencibilidade e pode ver Flamengo se aproximar

Atlético-MG abriu o placar em Goiânia, mas levou virada do Atlético-GO e voltou a perder após 18 rodadas no Brasileirão


O Atlético-MG voltou a perder no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (17), no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, o lider da competição foi derrotado de virada pelo Atlético-GO e viu uma invencibilidade de 18 jogos na competição ir por água abaixo.

Todas as repercussões, entrevistas, análises e opiniões de Atlético-GO x Atlético-MG, você assiste no Sportscenter deste domingo, às 20h10, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Com o resultado, o clube mineiro pode ver o Flamengo se aproximar na tabela em caso de vitória, ou até mesmo empate, contra o Cuibá, neste domingo, no Maracanã. Dependendo do resultado no Rio de Janeiro, a distância pode cair para até oito pontos.

Além disso, neste momento, o clube carioca ainda tem três jogos a menos e um confronto direto contra o próprio Atlético-MG pela frente neste Brasileirão. Ou seja, agora o Flamengo só depende de si para ser tricampeão.

Para a partida, o Galo teve retornos importantes no time titular. Após defenderem suas respectivas seleções nas eliminatórias para a Copa do Mundo, o zagueiro Junior Alonso e o lateral Guilherme Arana voltaram ao onze inicial.

No primeiro tempo, o clube mineiro dominou as ações e foi superior ao Atlético-GO, que só chegou uma única vez com maior perigo.

Logo aos 5 minutos, o árbitro da partida, Raphael Claus, foi até o monitor do VAR checar um possível pênalti para o Atlético-MG. Nacho cruzou bola na área, e a bola bateu na mão de Baralhas. Os jogadores da equipe visitante pediram pênalti, mas após a revisão nada foi marcado e o jogo seguiu, em decisão que gerou polêmica e muita reclamação por parte do técnico Cuca.

Hulk, Nacho e até mesmo Junior Alonso levaram perigo para o lado visitante, que ainda assim não conseguiu tirar o zero do placar na etapa inicial.

Assim como o Atlético-GO, que só levou perigo aos 33 minutos, com chegada dupla de Janderson e Zé Roberto. Atento, o goleiro Éverson defendeu as duas finalizações e salvou o Galo.

O segundo tempo, por sua vez, foi muito mais movimentado e começou com o Atlético-MG abrindo o placar aos 13 minutos.

Após cobrança de escanteio, o zagueiro Nathan Silva testou forte na bola e balançou as redes no Antônio Accioly. Atlético-MG 1 a 0.

A comemoração dos visitantes, porém, durou pouco. Isso porque seis minutos depois, aos 19, o Dragão deixou tudo igual. O Atlético-MG errou na saída de bola, Marlon Freitas recuperou a posse e tocou para Janderson, que finalizou rasteiro e deixou tudo igual.

A virada dos donos da casa também teve participação de Janderson. Aos 35 minutos, ele cobrou o escanteio que terminou no gol de Oliveira, que virou o placar para 2 a 1.

Com a derrota, o Atlético-MG voltou a perder no Brasileirão após uma invencibilidade de 18 jogos na competição. A última derrota havia sido no dia 27 de junho, pela rodada 7, contra o Santos.

Já o clube goiano, somou o quarto jogo seguido sem vitória na competição e não vence desde o dia 2 de outubro, quando venceu o Fortaleza, pela rodada 23.

Situação do campeonato

Com a derrota, o Atlético-MG segue com 56 pontos e, apesar de ainda ter 11 pontos de vantagem sobre o vice-líder, Flamengo, pode ver a distância diminuir. Se o Rubro-Negro vencer o Cuiabá neste domingo, no Maracanã, ela cairá para oito pontos. O empate deixará os cariocas 10 pontos atrás.

Já o Atlético-GO, foi a 34 pontos e subiu para 10º na tabela. A distância para o Z-4 também subiu para seis pontos.

O cara: Janderson

O atacante do Atlético-GO foi o nome do jogo. No segundo tempo, além do gol de empate, ainda deu assistência para Oliveira virar o placar em Goiânia.

Próximos jogos

O Atlético-GO só volta a campo no próximo dia 25 de outubro, pelo Brasileirão, quando recebe o Grêmio, mais uma vez no Antônio Accioly, pela rodada 28.

O Galo, por sua vez, agora volta o seu foco para a semifinal da Copa do Brasil, onde na quarta-feira (20), recebe o Fortaleza no Mineirão, pelo jogo de ida.

Ficha técnica:

Atlético-GO 2 x 1 Atlético-MG

GOLS: Atlético-MG: Nathan Silva (59'); Atlético-GO: Janderson (65') e Oliveira (81')

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Arnaldo (Oliveira), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Baralhas (Marlon Freitas) e Willian Maranhão; Janderson, Ronald (João Paulo) e André Luís (Jefferson); Zé Roberto (Brian Montenegro). Técnico: Eduardo Souza.

ATLÉTICO-MG: Éverson; Guga (Hyoran), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Tchê Tchê (Eduardo Sasha) e Allan; Zaracho (Calebe), Keno (Dylan Borrero) e Nacho Fernández; Hulk. Técnico: Cuca.