<
>

PSG vence Angers de virada com pênalti polêmico de VAR, se reabilita e segue líder disparado do Francês

PSG, que vinha de derrota para o Rennes, bateu o Angers por 2 a 1 nesta sexta-feira, pelo Campeonato Francês


Mesmo desfalcado de craques como Lionel Messi e Neymar, o PSG venceu o Angers por 2 a 1, de virada, nesta sexta-feira, no Parque dos Príncipes, pela 10ª rodada do Campeonato Francês.

Fulgini abriu o placar para os visitantes, no 1º tempo, mas o Paris buscou o triunfo na etapa complementar graças a Danilo Pereira e Kylian Mbappé, cobrando pênalti.

O PSG volta a campo pelo Francês em 24 de outubro, no clássico contra o Olympique de Marselha, com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+

O pênalti que resultou na vitória dos mandantes, porém, foi bastante polêmico.

Ele foi marcado aos 41 do 2º tempo após análise de uma bola na mão no VAR. No entanto, os árbitros de vídeo sequer perceberam uma falta de Icardi no início do lance, que invalidaria a penalidade.

Na transmissão da partida na ESPN Brasil, os comentaristas Paulo Calçade e Stéphane Darmani discordaram da decisão da arbitragem.

Mbappé acabou sendo o grande destaque da partida, já que também deu a assistência para Danilo empatar o placar.

Melhores momentos

Situação do campeonato

Com o resultado, o PSG vai a 27 pontos e segue disparado em lugar, com 9 pontos de vantagem sobre o Lens.

Já o surpreendente Angers continua no bom lugar, mas estaciona nos 16 pontos e pode cair na tabela.

O cara: Mbappé

Mesmo com a torcida ainda pegando em seu pé, o atacante não para de resolver.

Sem a companhia de Messi e Neymar no ataque, ele chamou a responsabilidade e decidiu o jogo.

Com uma assistência perfeita, Mbappé colocou a bola na cabeça de Danilo Pereira para igualar o placar.

Nos minutos finais, pegou a bola para bater o pênalti e cobrou com perfeição para decretar a virada.

Aos poucos, vai fazendo os fãs perderem a raiva que ficaram do craque por sua ida frustrada ao Real Madrid.

Foram mal: Árbitro e VAR

O árbitro Bastien Depechy não teve uma atuação condizente com a partida, mas o VAR foi pior.

A decisão bizarra de recomendar a marcação do pênalti aos 41 minutos do 2º tempo foi motivo de muita discórdia.

Além disso, o VAR ainda deixou passar falta clara de Icardi no início do lance que terminou na penalidade.

O erro seria fatal para punir a boa partida do Angers, que merecia sorte melhor nesta sexta-feira.

Próximos jogos

O PSG volta a campo na próxima terça-feira, contra o RB Leipzig, pela Champions League, às 16h (de Brasília).

Já o Angers atua no dia 22, às 16h, contra o Saint-Étienne, pela Ligue 1, com transmissão pela ESPN no Star+.

Ficha técnica

Paris Saint-Germain 2 x 1 Angers

GOLS: PSG: Danilo Pereira [69'] e Mbappé [87' (pênalti)] Angers: Fulgini [36']

PSG: Donnarumma; Dagba (Hakimi), Kehrer, Kimpembe e Diallo (Bernat); Danilo Pereira, Ander Herrera (Draxler) e Verratti; Rafinha (Wijnaldum), Mbappé (Ebimbe) e Icardi Técnico: Mauricio Pochettino

ANGERS: Bernardoni; Manceau, Traoré e Thomas; Cabot, Mendy, Mangani, Fulgini (Bahoken) e Capelle; Cho (Brahimi) e Boufal (Ounahi) Técnico: Gerald Baticle