<
>

Caio Ribeiro diz que teve 'papo reto' com Neymar, admite que craque pode nem ter ouvido e conta bastidores: 'Ele está incomodado'

Caio Ribeiro revelou que deu alguns conselhos a Neymar e apontou quais são os erros cometidos pelo craque


Neymar teve uma atuação ruim no empate em 0 a 0 do Brasil contra a Colômbia, no último domingo, pelas eliminatórias. E o craque, como esperado, foi o assunto mais comentado entre a crítica esportiva.

Depois da declaração forte sobre estar cansado do futebol e de que 2022 poderia ser a sua última Copa do Mundo, o astro do PSG alertou sobre a pressão psicológica que um atleta de alto nível recebe.

Durante o Flow Sport Club, podcast no Youtube, Caio Ribeiro, ex-jogador e comentarista, revelou uma conversa que teve com o astro sobre os vacilos que Neymar dá em campo. Segundo o ex-atacante de Flamengo, São Paulo e seleção brasileira, o 'papo reto' com o craque foi sobre como a imprensa trata os deslizes que ele dá na carreira.

Segundo Caio, Neymar pode até não ter levado a sério o papo, mas garante que o atacante sabe que todo o conselho dado foi de um amigo que quer apenas o bem do outro.

"No caso do Neymar, as pessoas passam do limite (nas críticas). Muitas vezes ele dá mole, bate de frente", disse Caio, complentando sobre a conversa que teve com o craque.

"Você (Neymar) vai ficar chateado, pode não gostar, mas um dia talvez dê importância. Falei: 'Você tá errado nisso, nisso e nisso (com algumas atitudes) e isso vai te prejudicar. Estou do outro lado, sei como funciona a cabeça da imprensa. Ele disse 'beleza'", afirmou Caio.

"Talvez ele tenha registrado a informação, sabe que falei pro bem dele. Pode ter entrado por um ouvido e saído pelo outro, a forma como ele digeriu, não estou dentro da cabeça dele. Como amigo, eu precisava falar. Ele não é mais menino, ele é responsável por tudo que faz. A gente só precisa entender o outro lado. Não falo de noite, de carnaval. Quero saber se ele performa dentro de campo", explicou.

Ainda durante a entrevista, Caio Ribeiro afirmou que Neymar está bem chateado com todas as críticas que recebe há bastante tempo. O ex-jogador fez questão de alertar para a questão psicológica e comparou a situação do astro com a de Simone Biles, que deixou de competir em algumas provas dos Jogos Olímpicos de Tóquio por problemas emocionais.

"A gente sabe o quanto ele está incomodado. Ele sabe que não jogou bem. Minha função é dizer que ele não está bem, deveria sair, mesmo sendo difícil tirar o craque. Ele está cansado disso tudo. Queria que a pandemia trouxesse reflexão, queria o mesmo carinho que olham pra Simone Biles e olhar com o mesmo lado humano para o Neymar. Vamos olhar da mesma maneira", afirmou Caio, para finalizar.

"São dois dos maiores de todos os tempos, ninguém está falando de coitadinho, mas antes do atleta tem o ser humano. Todo mundo um dia falha. E no dia da falha tem quem pise na cabeça e quem dê a mão. Eu como comentarista, sou diferente", resumiu.