<
>

Brasileirão: na volta da torcida ao Allianz, Palmeiras perde para o Red Bull Bragantino e fica a 14 pontos do Atlético-MG

Precisando da vitória, o Palmeiras não conseguiu fazer o seu dever de casa e perdeu para o Red Bull Bragantino, no Allianz Parque, que voltou a receber torcida. Com o resultado, o Alviverde viu a distância para o líder do Brasileirão, Atlético-MG, subir para 14 pontos


O Palmeiras segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado (9), jogando em casa, no Allianz Parque, que voltou a receber torcida, o Alviverde foi surpreendido pelo Red Bull Bragantino e perdeu por 4 a 2, em jogo válido pela rodada 25. Com o resultado, a distância para o líder da competição, Atlético-MG, subiu para 14 pontos.

A repercussão da rodada de sábado do Brasileirão você assiste no SportsCenter, às 22h55, com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+.

Revelado nas categorias de base do Palmeiras, o camisa 7 do Bragantino, Artur, fez valer a "lei do ex", marcou dois gols e foi o melhor em campo no Allianz Parque.

Os visitantes "resolveram" a partida ainda no primeiro tempo, depois de marcarem três gols, sendo que o primeiro saiu logo aos 13 minutos.

O atacante Ytalo recebeu lançamento de Aderlan, dominou com categoria e invadiu a área, estufando as redes no Allianz Parque e fazendo 1 a 0.

Aos 24 minutos, a arbitragem chegou a marcar pênalti a favor do Palmeiras, após Luan ser derrubado dentro da área, mas Rony estava impedido no lance e, por isso, a penalidade anulada.

O Bragantino se aproveitou e, depois dos 30 minutos, marcou mais dois gols. O primeiro aos 34, com Tomás Cuello. O atacante recebeu a bola, arriscou de fora da área e, com desvio de Danilo Barbosa no meio do caminho, Jailson ficou vendido e os rivais ampliaram.

O terceiro gol saiu aos 36 minutos, e dos pés de Artur. Kuscevic errou passe na saída de bola, o Bragantino recuperou a posse, e o lance terminou nos pés do camisa 7, que bateu com força para o gol para ampliar e fazer 3 a 0 ainda na primeira etapa.

Aos 42 minutos, Dudu ainda descontou para o Palmeiras. O camisa 4+3 recebeu cruzamento de Kuscevic no meio da área e, de cabeça, estufou as redes fazendo 3 a 1.

Na volta para a etapa final, o Palmeiras voltou mais ligado no jogo e, logo aos 16 minutos, fez o segundo gol, com Raphael Veiga, esboçando a ideia de uma possível reação dos donos da casa, que fizeram 3 a 2.

Entretanto, o ex-atacante do Palmeiras Artur voltou a aparecer e acabou com a festa no Alllianz Parque. Aos 30 do segundo tempo, ele marcou o segundo gol, dando números finais à vitória por 4 a 2.

Com a derrota, o Palmeiras chegou ao quarto tropeço seguido no Brasileirão, agora com três derrotas e um empate.

Levando em consideração a temporada como um todo, a seca de vitórias é ainda maior: seis jogos, com três empates e três derrotas. O último triunfo aconteceu no dia 18 de setembro, contra a Chapecoense, pela rodada 21.

O clube de Bragança Paulista, por sua vez, voltou a vencer depois de um longo período na competição. Desde o dia 23 de agosto, o Bragantino não triunfava na competição, vindo de uma sequência de quatro empates duas derrotas nas últimas rodadas.

Situação do campeonato

Com a derrota, o Palmeiras segue em 3º na tabela, com 39 pontos, mas a distância para Flamengo e Atlético-MG aumentou. São três pontos atrás do Rubro-Negro, vice-líder da competição, e 14 para o líder Galo.

O Massa Bruta, por sua vez, foi a 38 pontos, subiu para a quinta colocação e agora está a apenas um ponto de Fortaleza (4º) e Palmeiras (3º), que abrem o G-4 do Brasileirão.

O cara: Artur

Vivendo o melhor momento da carreira, o atacante do Red Bull Bragantino foi mais uma vez decisivo e marcou duas vezes sobre o ex-clube, Palmeiras. Agora, ele tem sete gols marcados em 21 partidas neste Brasileirão.

Próximos jogos

O Alviverde volta a campo, pelo Brasileirão, na próxima terça-feira (12), às 21h30, quando encara o Bahia, fora de casa, pela rodada 26.

No mesmo dia, às 19h, o Red Bull Bragantino recebe o Atlético-GO, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela mesma rodada.

Ficha técnica

Palmeiras 2 x 4 Red Bull Bragantino

GOLS: Red Bull Bragantino: Ytalo (13' 1ºT), Cuello (34' 1ºT) e Artur (36' 1ºT e 30' 2ºT); Palmeiras: Dudu (43' 1ºT) e Raphael Veiga (16' 2ºT)

PALMEIRAS: Jailson; Kuscevic (Breno Lopes), Luan e Renan; Wesley (Gabriel Veron), Patrick de Paulo, Raphael Veiga, Danilo Barbosa (Luiz Adriano) e Jorge (Gustavo Scarpa); Dudu e Rony (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira.

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Léo Ortiz), Fabrício Bruno, Natan e Luan Cândido; Jadsom e Eric Ramires; Artur, Tomás Cuello (Realpe) e Bruno Praxedes (Helinho); Ytalo (Gonzalo). Técnico: Mauricio Barbieri.