<
>

Organizada do Palmeiras 'perde paciência', ataca jogadores e detona 'prepotente' Abel: 'Antes de ensinar futebol, precisa aprender'

play
Abel Ferreira reclama de 'falta de intensidade' do Palmeiras em divididas e analisa atuação alviverde (2:33)

Técnico do Palmeiras analisou derrota para o Corinthians | CLIQUE AQUI e veja TODA a repercussão no Linha de Passe AO VIVO pela ESPN no Star+ (2:33)

Em um ótimo jogo, o Corinthians venceu o Palmeiras por 2 a 1, neste sábado, na Neo Química Arena, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O atacante Róger Guedes, ex-jogador alviverde, aplicou uma lei do ex com requintes de crueldade: foram dois gols do "Diabo Loiro", sendo que o 2º foi um verdadeiro golaço, com drible em Gabriel Menino e um torpedo na gaveta de Weverton.

O resultado esquentou o clima no Alviverde, criticado pelo rendimento em partidas recentes. Horas depois da partida, a torcida Mancha Verde publicou uma longa nota de repúdio em suas redes sociais criticando os jogadores, a diretoria, o técnico Abel Ferreira e afirmando que perdeu a paciência.

Além disso, a organizada ainda aumentou a pressão pela classificação na semifinal da Conmebol Libertadores na próxima terça-feira.

Veja a nota oficial completa:

CONTAGEM REGRESSIVA

5- Não participar da final do Mundial de Clubes já seria um desastre, mas ficar em quarto lugar e sem fazer um gol sequer foi humilhante;

4- Perder a Recopa Sul-Americana para o Defensa y Justiça em casa e ainda de virada é inadmissível;

3- Ser eliminado da Copa do Brasil jogando em casa para o “poderoso” CRB é vergonhoso;

2- Tirar o rival do Morumbi da fila ao dar o título do Paulista para eles não jogando nada nas duas partidas é inaceitável;

1 - Jogo de hoje A paciência acabou.

JOGADORES

A postura deles em campo na maioria das partidas é de forma displicente, jogam quando querem, muitas vezes sem vontade. Sentaram em cima de três títulos.

PRESIDENTE E DIRETORIA

play
2:33

Abel Ferreira reclama de 'falta de intensidade' do Palmeiras em divididas e analisa atuação alviverde

Técnico do Palmeiras analisou derrota para o Corinthians | CLIQUE AQUI e veja TODA a repercussão no Linha de Passe AO VIVO pela ESPN no Star+

Maurício não passa de um banana, um homem sem pulso e sem energia. A contagem dele está na reta final, sairá do comando em breve e nunca mais será lembrado, assim como Dracena, Barros e Cícero.

TREINADOR

Com sua prepotência europeia, precisa entender que Portugal para o Brasil no futebol é como o Brasil para Portugal na economia. Não dá para comprar e, antes de ensinar futebol, ele precisa aprender.

Perdeu o time e o vestiário faz tempo. Escala de forma errada na maioria dos jogos, troca de forma errada em todos os jogos. O time não tem sequer padrão.

Nossa contagem regressiva está acabando.

Ao ver um time sem pegada, sem dividir as bolas com vontade, sem padrão de jogo, insistência em Zé Rafael, Deyverson, Luan, Luiz Adriano e etc…

Não aceitamos:

- Perder para eles por falta de vontade nossa;

- Ressuscitar outro rival;

- Achar que tudo é apoio enquanto se escoram na tríplice coroa.

CONTAGEM REGRESSIVA em fase final para trocar tudo, começando pelo presidente, passando pelo treinador e finalizando com jogadores.

Podem sair fora do Verdão!

Sem problemas começamos do zero. Essa será nossa pressão! Essa é a nossa cobrança! A nossa voz será essa, afinal, já gritamos muito em apoio e infelizmente vocês não ouviram.

Agora será a voz da cobrança!

play
1:27

Abel Ferreira diz que Palmeiras 'foi protagonista' contra o Corinthians e que 'jogo foi decidido em um lance individual'

Técnico do Palmeiras analisou o dérbi em Itaquera | CLIQUE AQUI e veja TODA a repercussão no Linha de Passe AO VIVO pela ESPN no Star+

Ahhhh, tem terça-feira!!! Se jogar da forma covarde (com medo) que jogou a última partida, nem a esperança vai vestir o verde.

Querem calar a nossa boca? Só tem uma saída: Vençam e convençam, e cheguem na final da Libertadores!!!

Não queremos ter razão… Só queremos ser felizes.

Com esse presidente, com esse treinador arrogante e com esses jogadores acomodados, infelizmente temos tudo para ter razão.

Amamos o Palmeiras e não pessoas.

Diretoria Mancha Alvi Verde