<
>

De Bruyne perde 'moral' em votação interna e deixa de ser um dos capitães do Manchester City

play
Manchester City: Guardiola destaca como a Champions está ficando cada vez mais difícil e compara com os tempos de Barcelona (0:56)

Técnico projeta estreia difícil contra Red Bull Salzburg | CLIQUE AQUI e assista ao melhor da ESPN AO VIVO no Star+ (0:56)

Apontado como um dos nomes mais talentosos da geração da Bélgica e um dos líderes técnicos do elenco do Manchester City, Kevin De Bruyne parece ter perdido um pouco da moral que tem com os demais atletas do clube.

De acordo com informações do diário AS, da Espanha, o Manchester City, por meio de uma votação interna com os próprios jogadores, elegeu seus três capitães para a atual temporada.

O primeiro segue sendo o volante Fernandinho. Com 36 anos, o experiente meio-campista é sempre elogiado por Guardiola e segue com moral no elenco.

Além do brasileiro, Gündogan ficou com o segundo lugar e o zagueiro Ruben Dias fecha a lista de capitães em terceiro. Na última temporada, De Bruyne era o segundo capitão da equipe e, na estreia do City na fase de grupos da Uefa Champions League contra o RB Leipzig, Ruben Dias ficou com a tarja.

O AS informa ainda que o belga, assim como Kyle Walker, estão na lista de suplentes dos capitães. Um dos dois só utilizarão a tarja caso Fernandinho, Gündogan e Ruben Dias não estiverem em campo. Recentemente, De Bruyne estendeu seu vínculo com o City até junho de 2025.

O Manchester City retorna a campo neste sábado, pela Premier League, às 11h, diante do Souphampton. A partida terá transmissão ao vivo e com exclusividade pela ESPN no Star+. Clique aqui e tenha mais informações.