<
>

São Paulo e Daniel Alves avançam por rescisão de contrato; veja como time pretende quitar a dívida

São Paulo e Daniel Alves avançaram entre a última quarta-feira e esta quinta-feira nas conversas para ser realizada a rescisão de contrato do lateral-direito com o clube paulista.

Segundo apurou a ESPN Brasil, a situação vem sendo tocada pelos departamentos jurídico e financeiro do Tricolor. A negociação caminhou e um acordo foi alinhado entre as partes, mas ainda não foi assinado.

Acompanhe as últimas notícias e análises do São Paulo no SportsCenter, que tem transmissão pela ESPN no Star+. Para ter mais informações, clique aqui.

Os termos serão apresentados nesta quinta-feira a Dani Alves, e a expectativa de fontes ouvidas na equipe do Morumbi é que a situação seja solucionada o mais rápido possível.

De acordo com apuração da reportagem, o acordo prevê o pagamento de R$ 18 milhões aos quais Alves já tem direito, mais metade de todo o restante que ele teria para receber até o teórico final de seu contrato, em dezembro de 2022.

Assim que o vínculo do atleta com o São Paulo for finalizado, ele passaria a receber o valor a partir de janeiro de 2022, com o montante sendo parcelado em vários anos.

A estimativa é que o São Paulo pague R$ 30 milhões no acordo. Esse valor seria condensado em um "bolo" único e dividido em vários anos, com Dani Alves recebendo uma quantia mensal.

Caso o jogador aceite esses termos, ele pode rescindir seu contrato e logo em seguida fica livre para buscar outro clube para jogar ainda em 2021.

Como o prazo de inscrições do Campeonato Brasileiro se encerra no dia 24 de setembro, isso possibilita, por exemplo, que ele seja contratado por outro time da Série A, já que ainda não realizou sete jogos pelo São Paulo na competição.

Nos bastidores, seus representantes também tentar chegar a uma solução o quanto antes, de forma que o veterano possa dar sequência na carreira.