<
>

Copa do Brasil: Santos perde do Athletico-PR com golaço, é eliminado e acumula oito jogos seguidos sem vitória

Depois do 1 a 0 na Arena da Baixada na ida, o Athletico-PR repetiu o resultado na Vila Belmiro e venceu o Santos nesta terça-feira, no duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

O gol da vitória do Furacão foi marcado por Zé Ivaldo, zagueiro do time paranaense, aos 34 minutos do segundo tempo.

A derrota amplia o calvário do Peixe na temporada. A equipe paulista não sabe o que é vencer há oito jogos, com quatro empates e quatro derrotas.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Athletico-PR vai à semifinal da Copa do Brasil e aguarda o vencedor do duelo entre Flamengo e Grêmio.

Na ida, o rubro-negro enfiou 4 a 0 no Grêmio em plena Arena. O jogo de volta acontece nesta quarta-feira, no Maracanã.

O cara: Zé Ivaldo

O zagueiro foi a novidade na escalação de Paulo Autuori e fez um gol digno de centroavante. Zé Ivaldo acertou um chute girado que deu a vitória ao Furacão, entrando no ângulo de João Paulo.

Segue o jejum do Peixe e de Carille

O Santos não sabe o que vencer em seus últimos oito jogos, com quatro empates e quadro derrotas neste período. Em dois jogos sob o comando de Fábio Carille, que chegou para substituir Fernando Diniz, o Peixe não marcou nenhum gol ainda.

Marinho voltando a ser Marinho

Em seu segundo jogo depois de ser ausente por 10 partidas por conta de uma lesão, o camisa 11 do Peixe teve uma atuação que lembrou o seu ano de 2020.

Marinho foi abusado, criou, deu uma caneta e um chapéu e, claro, apanhou bastante com as fortes faltas da marcação.

Próximos jogos

O Santos volta a jogar no sábado, no Castelão, contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro.

Já o Furacão recebe o Juventude na Arena da Baixada na mesma data.

Ficha técnica

Santos 0 x 1 Athletico-PR

Gols: Zé Ivaldo

SANTOS: João Paulo; Pará (Marcos Guilherme), Vinicius Balieiro, Wagner Leonardo, Felipe Jonatan; Sanchez (Tardelli), Jean Mota (Ivonei), Pirani; Marinho, Raniel (Marcos Leonard) e Lucas Braga (Angelo). Técnico: Fábio Carille

ATHLETICO-PR: Santos; Zé Ivaldo, Thiago Heleno, Pedro Henrique; Abner, Richard (Christian), Erik, Marcinho; Terans (Lucas Fasson), Nikão e Renato Kayser (Pedro Rocha). Técnico: Paulo Autuori