<
>

São Paulo: Calleri assina nesta segunda, se empolga com retorno e pergunta até se pode jogar Copa do Brasil

É questão de tempo para que Jonathan Calleri seja anunciado como novo reforço do São Paulo. Assim como acontece com o volante uruguaio Gabriel Neves, o atacante já tem tudo acertado com o time do Morumbi, que pretende oficializar a dupla nas próximas horas.

Calleri está em Madri e vai assinar digitalmente o contrato enviado pelo São Paulo nesta segunda-feira (30). Antes, o argentino renovará o contrato com o Deportivo Maldonado, clube de empresários no Uruguai a qual pertence. Ele será emprestado ao Tricolor até o fim de 2022.

A pessoas próximas, Calleri não esconde a empolgação de voltar a vestir a camisa do São Paulo, onde fez sucesso, apesar da curta passagem, em 2016. Chegou, inclusive, a perguntar se não poderia mesmo atuar na Copa do Brasil, o que não é possível porque as inscrições já estão encerradas.

Com chegada ao Brasil prevista para até quarta-feira (1º), o atacante não atua desde 21 de abril, quando foi titular na vitória por 2 a 1 do Osasuna sobre o Valencia, pelo Campeonato Espanhol. Mantém a forma com atividades particulares e inclusive enviou fotos a funcionários do São Paulo, para mostrar que tem se cuidado.

Calleri atuou no São Paulo por pouco mais de cinco meses, entre fevereiro e julho de 2016. Fez 16 gols em 31 jogos e foi artilheiro do time na Libertadores, sendo destaque da campanha até a semifinal. A relação com clube e torcida é tamanha que, nos contatos com dirigentes durante as negociações, ele perguntou quais funcionários ainda seguem no Tricolor.

Desde então, passou Por West Ham, Las Palmas, Alavés e Espanyol. Na última temporada, o argentino anotou seis gols e deu duas assistências em 27 jogos pelo Osasuna, que acabou em 11º lugar em LaLiga. No Morumbi, é aposta da diretoria para resolver a carência de um camisa 9 nato.