<
>

Jornal: Venda de Lukaku por R$ 790 milhões ao Chelsea pode fazer efeito dominó e respingar até no Real Madrid; entenda

play
Fazendo fila, quase derrubando travessão e deixando o dele: Ronaldinho é estrela em jogo de 'lendas' do Barcelona (0:37)

Brasileiro foi o grande destaque do 'El Clásico' de veteranos (0:37)

A ida de Romelu Lukaku ao Chelsea pode causar em efeito dominó e afetar até mesmo no Real Madrid. As informações foram publicadas pelo jornal italiano "La Gazzetta dello Sport".

A equipe comandada por Thomas Tuchel viu a Inter de Milão rejeitar uma oferta de 100 milhões de euros (R$ 609 milhões) pelo atacante, mas estaria disposta a pagar até 130 milhões de euros (R$ 790 milhões) para levar o jogador belga.

Apesar de o treinador Simone Inzaghi e o CEO Giuseppe Marotta serem contra a venda, o presidente Steven Zhang é a favor de negociar o atacante.

De acordo com os jornais europeus, Lukaku quer voltar aos Blues, onde receberia 12 milhões de euros (R$ 73 milhões) líquidos por temporada. Tuchel quer fechar com o atacante nas próximas 48 horas para que possa utilizá-lo na Supercopa da Uefa contra o Villarreal.

Com a iminente saída de Lukaku, a Inter já se movimenta para trazer um substituto para o astro. O nome mais cotado é o do colombiano Duván Zapata, da Atalanta, que custaria cerca de 40 milhões de euros (R$ 243 milhões). Caso isso corra, é possível que Tammy Abraham, do Chelsea, vá para a equipe de Bergamo.

Luka Jovic, que está sem prestígio no Real Madrid, poderia ser emprestado à Inter de Milão. O atacante agrada ao técnico Inzaghi, que poderia pedir um empréstimo.

Outro jogador especulado em Milão é o sérvio Dusan Vlahovic, 21 anos, que defende a Fiorentina, embora o Tottenham - preparado para uma possível saída de Kane - já esteja de olho no jogador.