<
>

Champions League: Benfica vence o Spartak por 2 a 0 e larga na frente na briga por vaga na fase de grupos

play
Diego, do Flamengo, foge de comparação com Jorge Jesus, mas elogia Renato Gaúcho: 'Em comum são as vitórias e ambição' (1:02)

Técnico português foi campeão da Libertadores com o Flamengo em 2019 e atualmente dirige o Benfica de Portugal (1:02)

O Benfica largou na frente na briga por uma vaga na fase de grupos da Champions League 2021/22. Nesta quarta-feira (4), em Moscou, na Rússia, os comandados do técnico Jorge Jesus venceram o Spartak por 2 a 0, no jogo de ida da terceira pré-eliminatória da competição europeia, e construíram vantagem importante para a volta, em Lisboa.

Os gols saíram apenas na etapa final. Primeiro com o atacante Rafa Silva, que balançou as redes aos 5 minutos, seguido pelo lateral brasileiro Gilberto, aos 28.

Vale lembrar que, de acordo com novo regulamento da Uefa, que passa a valer já a partir desta temporada, não existe mais o critério do gol qualificado. Ou seja, até uma derrota dos Encarnados por um gol de diferença no Estádio da Luz garante a classificação.

Ainda no primeiro tempo, os portugueses tiveram a baixa do seu artilheiro, Seferovic, que deixou o campo machucado aos 37 minutos. No seu lugar entrou Gonçalo Ramos.

A partida ainda marcou o reencontro do técnico Rui Vitória com o Benfica, clube que treinou entre 2015 e 2019 e onde foi tricampeão português (2015/16, 2016/17 e 2018/19).

O técnico português inclusive é um dos desafetos de Jorge Jesus, uma vez que ele foi o seu substituto no Benfica assim que ele foi para o Sporting.

No lado do Benfica, a grande novidade foi o meia João Mário, contratado junto à Inter de Milão, e que começou entre os titulares.

Já no Spartak, os rostos mais conhecido foram o do lateral Ayrton Lucas, ex-Fluminense, e o atacante Victor Moses, ex-Chelsea, que entrou no segundo tempo.

Situação do campeonato

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (10), no Estádio da Luz, em Lisboa, pelo jogo de volta.

Quem avançar, já sabe até quem poderá enfrentar: PSV, da Holanda, ou Midtjylland, da Dinamarca. O jogo de ida será no dia 17 de agosto. O confronto definirá quem ficará com vaga na fase de grupos da Champions.

Por enquanto, os holandeses estão com a mão na vaga, já que venceram por 3 a 0, nesta última terça-feira (3), no Philips Stadion, em Eindhoven.

O cara: Rafa Silva

Convocado por Portugal para a Euro 2020, o atacante de 28 anos foi o responsável por abrir o placar na Rússia e ajudar o Benfica a construir a sua vitória. Foi bastante participativo durante praticamente toda a partida, já que foi substituído aos 39 minutos do segundo tempo.

Jorge Jesus tenta dar fim a 'maldição'

Desde que voltou ao Benfica, na temporada passada, o técnico português ainda não conseguiu disputar a fase de grupos da Champions League. Na última vez, caiu para o PAOK, da Grécia, na época comandado pelo atual técnico do Palmeiras Abel Ferreira, na terceira eliminatória.

Na ocasião, os lisboetas perderam por 2 a 1 e ficaram com vaga na Europa League, onde o clube caiu na fase de 1/16 avos de final, para o Arsenal.

Próximos jogos

O Benfica volta a campo no sábado (7), às 14h (horário de Brasília), quando encara o Moreirense fora de casa, pela estreia no Campeonato Português 2021/22.

No mesmo dia e horário, o Spartak, mais uma vez em casa, recebe o Nizhny Novgorod, pela terceira rodada do Campeonato Russo, que já começou.

Ficha Técnica

Spartak 0 x 2 Benfica

GOLS: Benfica: Rafa Silva (50') e Gilberto (73')

SPARTAK: Maksimenko; Rasskazov, Gigot, Dzhikiya e Ayrton Lucas; Umyarov; Bakaev (Victor Moses), Zobnin (Ignatov), Hendrix (Ponce) e Larsson (Král); Sobolev. Técnico: Rui Vitória.

BENFICA: Vlachodimos; Lucas Veríssimo, Otamendi e Vertonghen; Diogo Gonçalves (Gilberto), João Mário, Weigl e Grimaldo (Gil Dias); Pizzi (Everton) e Rafa Silva (Taarabt); Seferovic (Gonçalo Ramos). Técnico: Jorge Jesus.