<
>

Prefeitura do RJ libera, e Flamengo terá público parcial no Maracanã para a Libertadores

play
'O Flamengo goleou o ABC em ritmo de treino; não teve graça', diz Eugênio Leal (1:23)

Jogando no Maracanã, o Rubro-Negro não tomou conhecimento do ABC e venceu por 6 a 0, gols de Arrascaeta, Gabigol, duas vezes, Bruno Henrique, Donato, contra, e Michael. (1:23)

O Flamengo poderá contar com ao menos parte do Maracanã para a reta final da Conmebol Libertadores. Os técnicos da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro acataram a favor do protocolo sugerido e permitiu que ao menos parte do estádio esteja liberado para a presença de público.

Com isso, o Maracanã terá 10% caso o Flamengo escolha o estádio como palco da partida contra o Olimpia, no dia 18 de agosto, em confronto válido pelo duelo de volta das oitavas de final da Conmebol Libertadores.

Para que o torcedor seja liberado para entrar no estádio será necessário ter tomado as duas doses da vacina com 15 dias de antecedência em relação a data do jogo ou um exame de PCR negativo com ao menos 48h antes do confronto. Será obrigatório o uso de máscaras e deve haver distanciamento social.

O Flamengo queria que ao menos 30% do estádio fosse liberado, algo que foi recusado pela Prefeitura do Rio de Janeiro. A entidade se baseia na final da Copa América, que contou com a presença de público, na vitória por 1 a 0 da Argentina em cima do Brasil, também no Maracanã.

play
1:58

Raphael Prates elogia maneira como Renato Gaúcho consegue gerir o grupo do Flamengo: 'Raposa conhece raposa'

'Ele vive dessa experiência e trabalha bem o trato com os jogadores', destacou Prates no SC Brasil