<
>

Fluminense: Torcedores protestam no CT, cercam carros e levam faixas criticando Roger, Egídio e Ganso

play
'O Criciúma foi prejudicado; o árbitro Caio Max se equivocou tremendamente', diz Carlos Eugênio Simon (1:33)

Por outro lado, o ex-árbitro afirmou que a penalidade contra o Fluminense foi bem marcada (1:33)

Um grupo de torcedores do Fluminense protestou nesta quinta-feira na porta do CT do clube tricolor, antes do treino da equipe.

Em vídeos postados nas redes sociais, eles aparecem cercando carros de jogadores e fazendo cobranças aos que abriam as janelas, como o meia Nenê e o zagueiro David Braz.

Tudo foi acompanhado por policiais militares, que não precisaram tomar nenhum tipo de ação, já que o protesto foi pacífico.

Os principais "alvos" dos torcedores foram o lateral-esquerdo Egídio, o meia Paulo Henrique Ganso e o técnico Roger Machado.

Além de faixas pedindo a saída do treinador, os fãs tricolores ainda expuseram mensagens bem humoradas ironizando os atletas.

"Roger, respeite a nossa história", bradaram, em mensagem endereçada ao técnico.

"Como faz filho se não sabe cruzar", escreveram em uma, destinada a Egídio.

"Quem refresca c* de Ganso é lagoa", completaram em outra, feita para o meio-campista.

O carro de Ganso, aliás, chegou a ser cercado pelos torcedores. Ao abrir a janela e mostrar que estava com os filhos, porém, ele foi "liberado".

O Flu vem de três derrotas seguidas, inclusive um revés por 2 a 1 para o Criciúma, que está na Série C, na última terça, pela Copa do Brasil.

O duelo de volta contra os catarinenses ocorre já neste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã.