<
>

Suíça quebra jejum de 67 anos em sua história e atinge feito que não acontecia desde Copa de 1938

A zebra passeou pela Eurocopa nesta segunda-feira (28). A Suíça conseguiu buscar um improvável empate em 3 a 3 contra a favorita França e venceu a disputa de pênaltis por 5 a 4, se classificando para as quartas de final.

Além da surpresa por conseguir eliminar a atual campeã do mundo, a seleção suíça ainda quebrou uma marca própria depois de 67 anos.

A última vez que o país tinha conseguido se classificar em uma partida de mata-mata de Eurocopa ou Copa do Mundo foi em 1938, quando, nos pênaltis, eliminou a Alemanha do Mundial.

A classificação desta segunda foi a terceira na história da seleção. A outra tinha sido na Copa de 1934, quando passou das oitavas sobre a Holanda. Em ambos os mundiais, o país caiu na fase seguinte.

Esta, inclusive, é a melhor campanha da Suíça na Eurocopa. Sua primeira aparição foi em 1996, estando também em 2004, 2008 e 2016. Nesta última, teve sua melhor campanha ao chegar no mata-mata pela primeira vez.

Naquele momento, porém, o time foi eliminado nos pênaltis para a Polônia nas oitavas de final, em dia de golaço de Shaqiri. Agora, o país fica entre os oito melhores do continente pela primeira vez e irá enfrentar a Espanha.