<
>

Santos recusa proposta de R$ 3,5 milhões da Europa por Jean Mota e pede mais; negociações seguem em andamento

play
Zé Roberto elege ápice na seleção brasileira: 'Fui eleito duas vezes o melhor em campo' (0:52)

Ex-meia foi bicampeão da Copa América, bicampeão da Copa das Confederações e participou do Mundial de 2006 com a camisa do Brasil (0:52)

O Santos recusou a primeira proposta, mas ainda não descarta a venda de Jean Mota ao Antalyaspor, da Turquia.

A oferta inicial foi de cerca de R$ 3,5 milhões. O Peixe fez uma contraproposta e espera pela resposta dos turcos nos próximos dias.

“O valor não interessou. Por menos de tanto, nem vamos conversar”, disse o presidente Andres Rueda, ao Canal do Nicola.

“Da minha parte, a negociação terminou. Fiz essa contraproposta e disseram que não chegariam nesse valor”, completou.

Pelo que a Gazeta Esportiva apurou, a negociação não está totalmente concluída e deve haver uma nova tentativa do Antalyaspor nos próximos dias. A diferença entre o pedido e o oferecido não é muito grande.

A proposta para Jean Mota é de três anos de contrato, com salários bem acima do recebido atualmente. O meia deseja ser negociado, mas evita fazer pressão pois é titular sob o comando de Fernando Diniz.

Jean tem contrato apenas até junho de 2022 e poderia assinar um pré-acordo com qualquer clube a partir de janeiro. Se a negociação com a Turquia não prosperar, o Santos pretende renovar o vínculo.