<
>

França bate a Alemanha com gol contra e vence 'clássico' na estreia da Eurocopa

No duelo mais esperado da fase de grupos da Eurocopa 2020, a França venceu a Alemanha por 1 a 0 nesta terça-feira, em Munique, no confronto entre os últimos dois vencedores da Copa do Mundo.

O gol da partida foi marcado pelo zagueiro Hummels, que empurrou contra a própria rede e deu a vitória aos franceses na estreia dos dois times na Eurocopa.

Situação do campeonato

Com o resultado, a França vai aos 3 pontos e empata com Portugal, que bateu a Hungria por 3 a 0 mais cedo, na liderança do grupo F. A Alemanha por enquanto fica zerada.

O cara: Mbappé

Mbappé teve destaque e teria feito um golaço na etapa final, mas o lance foi anulado pela arbitragem pois houve impedimento em sua origem. O atacante, com a França apostando nos contra-ataques no segundo tempo, deu muito trabalho usando sua velocidade contra a zaga alemã.

Pogba também se destacou. O meia foi o verdadeiro comandante do meio-campo, 'regendo' a orquestra de criação de jogadas francesa.

Não à toa um passe magistral com a parte de fora do pé que ele deu resultou no gol da França no primeiro tempo.

Foi mal: Hummels

O zagueiro foi o verdadeiro "vilão" do primeiro tempo da partida. Aos 20 minutos, Pogba achou Lucas Hernandéz dentro da área com um belo lançamento.

O lateral francês cruzou para o meio da área, Hummels foi tentar afastar e acabou colocando a bola dentro do próprio gol de canela, de uma maneira bizarra.

Sai de mim!

Um lance no final do primeiro tempo chamou atenção por sua natureza bizarra. Rudiger agarrou Pogba e ainda mordeu o craque francês. O lance, porém, não foi captado pela arbitragem.

Próximos jogos

A França volta a jogar no sábado, às 10h (Brasília), em Budapeste, contra a Hungria.

Na mesma data, mas as 13h, a Alemanha encara Portugal novamente na Allianz Arena, em Munique.

Ficha técnica
França 1 x 0 Alemanha

Gols: Hummels, contra

FRANÇA: Lloris; Pavard, Kimpembe, Varane, Hernandez; Kanté, Rabiot (Dembelé), Pogba, Griezmann; Benzema (Tolisso), Mbappé. Técnico: Didier Deschamps

ALEMANHA: Neuer; Ginter (Can), Hummels e Rudiger; Kimmich, Gundogan, Kroos, Gosens (Volland), Muller, Havertz (Sané); Gnabry (Werner). Técnico: Joachim Low