<
>

Barcelona e Manchester City preparam troca que pode envolver quatro estrelas; veja a lista

play
CR7 em busca do bicampeonato: os destaques da seleção portuguesa para a disputa da Eurocopa (1:35)

Portugal entra em campo nesta terça-feira, às 13h00 (de Brasília), contra a seleção da Hungria para a estreia na Euro, na Puskás Aréna (Budapeste) (1:35)

Barcelona e Manchester City podem protagonizar uma troca envolvendo quatro nomes de peso para a próxima temporada. De acordo com informações do diário britânico Sunday Times, emquanto os portugueses Bernardo Silva e João Cancelo podem tomar caminho para o Camp Nou, o atacante Ousmane Dembélé e o polivalente Sergi Roberto podem parar na Inglaterra.

O possível negócio foi motivado pela dupla do City, que apesar de ainda ter contrato com o clube até junho de 2025, sempre desejou poder um dia atuar no Barça. Já Dembélé e Sergi Roberto, que são vistos como bons nomes pelo técnico Pep Guardiola e pela diretoria dos Citizens, têm contrato apenas até junho de 2022 e já vinham tendo suas saídas especuladas desde antes.

As conversas sobre uma possível troca se iniciaram na semana passada, quando o presidente do Barcelona, Joan Laporta, e o seu braço direito no clube, Mateu Alemany, que é o responsável pelas contratações no clube catalão, estiveram em Mallorca, na Espanha, para o Legends Trophy, torneio de golfe organizado pelo próprio Guardiola. Foi lá onde tudo começou.

Em relação à transferência destes quatro nomes, Bernardo Silva e João Cancelo têm situação mais tranquila, já que ambos têm como empresário o português Jorge Mendes, que cultiva uma excelente relação com Laporta e também vêm com bons olhos uma ida da dupla para o Camp Nou.

Já Dembélé e Sergi Roberto têm situação diferente, já que o Barça ainda teria que convencê-los a se mudarem para a Terra da Rainha. O meio-campista/ lateral inclusive quase reforçou o City na temporada retrasada, uma vez que Guardiola gosta muito do seu futebol, e pode ser convencido de forma mais fácil.

Já o atacante francês, ainda não conseguiu mostrar o bom futebol dos tempos de Borussia Dortmund que convenceram o Barça a contratá-lo, e inclusive teria o desejo de deixar o Camp Nou para tentar dar uma volta por cima. Resta saber se o Manchester City estaria nos seus planos para a sequência da carreira.