<
>

Copa do Brasil: Inter fica com dois a menos, Vitória consegue virada histórica no Beira-Rio e se classifica

O Internacional recebeu o Vitória no Beira-Rio na noite desta quinta-feira (10) para confirmar a vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil. Apesar do domínio, na primeira etapa, dos gaúchos, o time baiano conseguiu vencer por 3 a 1, virando o placar em seu favor e se classificando.

Durante toda a partida, o Colorado teve o domínio das ações. Nos primeiros minutos, Yuri Alberto desperdiçou chance dentro da área, Taison chegou perto em chute de fora e Moisés quase fez um golaço de falta que parou na trave.

Na volta para a segunda etapa, o abafa da equipe da casa seguiu, mas, logo de cara, Pedro Henrique deixou o pé alto e acabou expulso de campo.

Apesar de o time colorado ainda ter mais chances, aos 23, Roberto chutou forte e bola bateu na trave. No rebote, Samuel, livre, só empurrou para as redes, empatando o agregado.

Mas o Inter não desistiu. Em cobrança de falta, Patrick desviou de cabeça para Cuesta, que cabeceou para o meio e viu Johnny (de cabeça) colocar para o fundo das redes e empatar o marcador.

Esta alegria, porém, durou pouco. Após a saída de bola, Eduardo, que tinha acabado de entrar, recebeu na entrada da área e acertou um chutaço no ângulo de Daniel.

Pouco depois, em bola alçada na área, Guilherme cabeceou livre, no cantinho de Daniel, marcando o terceiro e classificando o Leão. O sorteio da próxima fase será na próxima semana.

Nos acréscimos, Boschilia ainda foi expulso no lado dos donos da casa.

Esta foi a primeira vez que o Vitória conseguiu derrotar o Internacional jogando como visitante e a terceira classificação do time baiano sobre os rivais gaúchos no torneio.

O craque do jogo: Samuel

Muitos dizem que um bom centroavante precisa de somente um lance para conseguir marcar. Para Samuel, a máxima se fez presente. Na boa oportunidade que recebeu, guardou no gol. Seu último gol tinha sido em 17 de abril.

Foi bem: Taison

Essa, talvez, tenha sido sua melhor aparição nos gramados desde que retornou. Participativo, quase marcou seu gol na primeira etapa e foi um dos grandes articuladores do time. Com o time com um a menos, caiu de rendimento na segunda etapa e foi substituído.

Foi mal: Pedro Henrique

Pelo segundo jogo seguido, o zagueiro foi inconsequente e foi expulso em um lance evitável. Complicou um jogo que estava dominado pelo Colorado.

O ‘desfalque’ Ramírez

Criticado pelos resultados recentes do Inter e pressionado no cargo, o treinador não pode estar no banco de reservas por ter contraído a COVID-19.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no domingo (13), pelo Campeonato Brasileiro. Na Série A, o Inter pega o Bahia. Na Série B, o Vitória enfrenta o Operário.

Ficha técnica

Internacional 1 x 2 Vitória

GOLS: Johnny (Internacional); Samuel e Eduardo (Vitória)

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia, Pedro Henrique, Cuesta e Moisés; Johnny (Boschilia), Edenílson e Taison (Mauricio); Galhardo (Lucas Ribeiro), Yuri Alberto (Caio Vidal) e Patrick. Técnico: Martín Anselmi

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Raul Prata, Marcelo Alves, Wallace Reis e Roberto; Mateus Moraes (David). Gabriel Bispo, Pablo Siles (Dinei) e Soares (Guilherme Santos); Samuel (Eduardo) e Catatau (Fernando Neto). Técnico: Ramon Menezes