<
>

Copa do Brasil: Cruzeiro leva gol no fim da Juazeirense, perde nos pênaltis e dá adeus à competição

O Cruzeiro está eliminado da Copa do Brasil. Nesta quarta (9), a Raposa foi até Juazeiro, na Bahia, e encarou a Juazeirense. Após perder por 1 a 0 no tempo normal, os mineiros foram derrotados nos pênaltis por 3 a 2.

Em relação à partida de ida, o técnico Felipe Conceição optou pela saída de Rafael Sóbis e colocou Matheus Barbosa no meio. Matheus Neris, que não atuou contra o CRB, pela Série B, também voltou ao time titular. O goleiro Fábio também voltou aos 11 que começaram.

O Cruzeiro segurou o empate até os 40 do segundo tempo. Foi quando apareceu Thauan. O jogador, que entrou na etapa final, completou cruzamento de Kesley e levou para os pênaltis.

Nas penalidades, Rômulo, Felipe Augusto Matheus Barbosa perderam as penalidades, a Juazeirense venceu por 3 a 2 e avançou às oitavas.

Situação do campeonato

Com o resultado, a Juazeirense avança às oitavas de final da Copa do Brasil pela primeira vez na história e espera o adversário que será decidido em sorteio. Os baianos ainda embolsam R$ 2,7 milhões.

O cara: Rodrigo Calaça

O experiente goleiro foi o herói da Juazeirense nas penalidades. Calaça pegou duas penalidades das três perdidas pelo Cruzeiro e foi o grande responsável por colocar a equipe baiana pela primeira vez nas oitavas da competição.

Foi mal: o gramado e os batedores do Cruzeiro

Em péssimas condições, o gramado do Estádio Adauto Moraes dificultou que um bom futebol fosse praticado. Impossibilitando as trocas de passes, restou aos dois times buscarem os arremates de longe e os cruzamentos.

Nas penalidades, das cinco cobranças realizadas pelo Cruzeiro, três foram desperdiçadas. Rômulo, Felipe Augusto e Matheus Barbosa não converteram.

Próximos jogos

O Cruzeiro volta a campo no próximo sábado (12) pela Série B. Em casa, os comandados por Felipe Conceição encaram o Goiás. Já a Juazeirense volta a campo pela Série D contra o ASA.

Ficha técnica

Juazeirense 1 (3) x (2) 0 Cruzeiro

GOLS: Thauan

JUAZEIRENSE: Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena, Mineiro (Kanu), Eduardo (Wendell) e Daniel Nazaré (Ian Augusto); Sapé (Waldir), Patrik, Waguinho, Clébson (Ian Augusto) e Tony Galego (Thauan); Kesley. Técnico: Carlos Rabello.

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Weverton, Ramón e Matheus Pereira; Matheus Neris (Paulo), Rômulo e Matheus Barbosa; Bruno José (Stênio), Airton (Felipe Augusto) e Guilherme Bissoli. Técnico: Felipe Conceição.