<
>

Brasileirão: Cuiabá demite Alberto Valentim após empate e fica sem técnico logo após 1ª rodada

O Campeonato Brasileiro mal começou e já tem clube sem técnico. Logo depois de estrear com empate por 2 a 2 com o Juventude, o Cuiabá anunciou a saída de Alberto Valentim do comando.

"O Cuiabá comunica a saída do treinador Alberto Valentim e seus auxiliares do comando do Cuiabá. A diretoria agradece o técnico pelos serviços prestados e deseja boa sorte no decorrer da carreira", informou o clube.

Apesar de não ficar claro pelo comunicado, Valentim foi demitido pelo clube. A confirmação foi feita pela assessoria pessoal do treinador, após questionamento do ESPN.com.br.

O gestor Cristiano Dresch também confirmou a demissão, em entrevista ao portal "Yahoo!".

"Não teve nenhum motivo específico, apenas resolvemos antecipar a saída com algo que em breve achamos que não vai dar certo", disse o cartola.

A demissão chega a ser surpreendente, já que o ex-lateral ainda não havia perdido pelo clube. Em dois meses de clube, foram sete vitórias e três empates, além do título do Campeonato Matogrossense. Ele foi anunciado no início de abril.

Como demitiu Valentim, o Cuiabá agora só terá direito a mais um treinador para o restante da temporada. Isso porque, pelas novas regras do Brasileirão, os clubes só podem ter no máximo dois técnicos em toda a campanha.

A exceção é se o treinador receber uma proposta e pedir para deixar o clube, o que não foi o caso. O Cuiabá vai em busca de um próximo treinador.