<
>

Sul-Americana: Romero testa positivo para COVID-19 e está fora de partida decisiva do San Lorenzo

play
Jogadores do Independiente testam positivo para COVID-19, e grupo é barrado no aeroporto de Salvador (0:31)

Jogadores e integrantes da comissão técnica do time argentino testaram positivo para COVID-19 e acabaram tendo a entrada barrada no Brasil por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). (0:31)

Em uma semana decisiva para o San Lorenzo na Copa Sul-Americana, Ángel Romero anunciou, nesta terça-feira (4), que testou positivo para a COVID-19. Por ter contato direto com o irmão, Óscar Romero também cumprirá quarentena.

O atacante ex-Corinthians usou suas redes sociais para falar que está em isolamento e sem sintomas da doença.

''Informo que testei positivo para a COVID-10. Estou em perfeito estado de saúde e cumprindo o isolamento. Muito obrigado a todos pelo apoio de sempre'', disse o jogador em seu perfil no Twitter.

Romero vai desfalcar a equipe em jogos importantes. O primeiro contra o 12 de Octubre, nesta quinta-feira (6), pela Copa Sul-Americana. Caso o time argentino não ganhe, praticamente não terá mais chances de se classificar para as oitavas de final da competição. O atacante ainda ficará de fora no jogo deste fim de semana contra o Racing pelo Argentino e da partida contra o Rosario Central, no dia 12 de maio, que pode servir apenas para cumprir tabela na Sul-Americana, caso o time não tenha mais chances de avançar.

O San Lorenzo é o último colocado do Grupo A - que conta com Huachipato, Rosario Central e 12 de Octubre - e ainda não somou pontos na competição.

O rival Independiente também apresentou casos de COVID-19 entre os jogadores e chegou a ter o jogo contra o Bahia pela Sul-Americana adiado. Por conta da barreira sanitária em Salvador, os atletas foram barrados e tiveram que aguardar por horas no aeroporto de Salvador. A Conmebol voltou atrás e confirmou a partida para essa terça-feira, às 19h15.