<
>

Motorista Robson Oliveira é liberado pelo governo russo e está autorizado a retornar ao Brasil

play
O ataque de ouro! Como Lukaku e Lautaro levaram a Inter de Milão ao topo da Itália após 11 anos (1:30)

Nerazzurri conquistaram o título nacional inédito desde 2010, quando tinham Sneijder, Eto'o e Milito (1:30)

Neste domingo, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo da Rússia autorizou Robson Nascimento de Oliveira, ex-motorista do meia Fernando, do Beijing Guoan, e preso há mais de dois anos, a finalmente retornar ao Brasil.

A informação foi confirmada por Pavel Gerasimov, advogado que representa Robson na Rússia, à ESPN. Ainda de acordo com o presidente do Brasil, o ex-motorista chegará ao Brasil na próxima quinta-feira.

O pedido de liberação por parte da defesa de Robson havia sido feito há mais de um mês, mas ainda dependia da assinatura de Vladimir Putin para ser finalizada.

Entenda o caso

O motorista Robson Oliveira foi preso ainda em março de 2019 quando chegou à Rússia com uma mala com caixas do medicamento Mytedon - cloridrato de metadona, substância que é proibida na Rússia.

play
1:30

O ataque de ouro! Como Lukaku e Lautaro levaram a Inter de Milão ao topo da Itália após 11 anos

Nerazzurri conquistaram o título nacional inédito desde 2010, quando tinham Sneijder, Eto'o e Milito

O motorista alegou que os remédios seriam para o sogro de Fernando, William Pereira de Faria. Porém, a família não se manifestou sobre o caso, e Robson acabou sendo preso.

A situação envolvendo o motorista ganhou notabilidade nas redes sociais recentemente e levantou-se a campanha Justiça por Robson, que chegou até mesmo a ter pedidos de nomes famosos do esporte nacional como o atacante Richarlison, do Everton.

A partir daí, o caso tornou-se uma questão de negociação entre Brasil e Rússia e teve uma solução neste domingo (2).