<
>

Após derrota para o PSG, atacante do Bayern dispara: 'Poderíamos ter feito 5 ou 6 gols'

play
Mbappé decide com dois gols, Neymar brilha nas assistências e PSG bate o Bayern de Munique pela Champions; veja como foi (1:02)

Além de Mbappé, Marquinhos marcou para os franceses; Thomas Müller e Choupo-Moting fizeram para os alemães na vitória do PSG por 3 a 2 (1:02)

Os jogadores do Bayern de Munique não se contentaram com a derrota por 3 a 2 para o PSG no jogo de ida das quartas de final da Uefa Champions League. Mesmo com mais de 30 finalizações, o time saiu da Allianz Arena atrás no confronto.

Em entrevista à Sky Sports da Alemanha, Choupo-Moting foi um dos jogadores a falarem sobre a ‘falta de pontaria’ do time bávaro, comparando com outras partidas em que conseguiria marcar mais gols.

“Simplesmente não aproveitamos chances suficientes e, infelizmente, sofremos nos chutes adversários. Eu vi as estatísticas. É louco. Em outro dia, marcaríamos cinco ou seis, com certeza. É realmente frustrante. Foi um grande duelo esta noite. É uma pena que não conseguimos nos recompensar”, disse.

Astro da equipe e autor do gol que vinha dando o empate provisório aos bávaros, Thomas Müller foi outro a falar das chances perdidas. O atacante relevou as críticas e disse que as mesmas não aconteceriam caso o placar fosse outro.

"Temos que marcar muito mais gols. Você sempre pode falar sobre os gols que sofreu, mas acho que ninguém poderia ter reclamado se tivéssemos vencido por 5 ou 6 a 3. De alguma forma, atiramos no próprio pé. Agora temos que sair por trás (do placar)", apontou.

O técnico Hansi Flick, que sofreu sua primeira derrota em partidas da Champions League, foi outro a fazer sua avaliação sobre as chances desperdiçadas.

"O nosso adversário marcou três em muitas poucas oportunidades, mas o desempenho dos meus jogadores foi impressionante. Poderíamos ter terminado com um resultado diferente: com as oportunidades que tivemos, poderíamos ter conseguido um resultado muito bom", avaliou.

Agora, o time comandado por Mauricio Pochettino depende apenas de um empate para se classificar no duelo de volta, que será disputado na próxima terça-feira (13), no Parque dos Príncipes. Derrota por 1 a 0 ou 2 a 1 também serve para o Paris, que fez três gols fora de casa.