<
>

Herói do Flamengo no Carioca, Rodrigo Muniz saiu de aposta de Jorge Jesus para 'convocado' por Ceni

O Flamengo venceu a segunda partida seguida no Campeonato Carioca no último sábado (6), graças a dois gols de sua joia da base: Rodrigo Muniz. O centroavante é um dos garotos que passou a receber mais chances no torneio com as férias do time principal.

Com contrato até maio de 2024 e multa rescisória mantida sob sigilo pela diretoria do clube, Rodrigo é uma das grandes promessas da base rubro-negra. O jovem chegou ao clube em 2018, depois de chamar a atenção no Desportivo Brasil.

Em 2019, o jogador foi artilheiro do Brasileirão sub-20 com nove gols, além dos 28 marcados ao longo de toda a temporada, nos seis torneios disputados pela equipe.

No time profissional, recebeu suas primeiras chances em janeiro de 2020, nas primeiras partidas do Campeonato Carioca, quando o time profissional foi poupado. Na vitória por 3 a 2 contra o Volta Redonda, marcou seu primeiro gol como profissional.

Na volta às atividades após a paralisação pela pandemia, o jogador foi um dos chamados por Jorge Jesus para compor o elenco e ser uma de suas apostas para a sequência da temporada.

Pouco depois, porém, o jogador foi emprestado ao Coritiba, onde atuou em seis partidas no Campeonato Brasileiro e marcou um gol.

Esta passagem, porém, durou somente um mês. Isso porque, quando Rogério Ceni foi contratado, o jovem foi chamado de volta para o Flamengo a pedido do treinador.

Desde o seu retorno, o atacante entrou em campo em quatro partidas do Brasileiro, contra Botafogo, Fluminense, Ceará e Athletico-PR, mas sempre nos minutos finais, sem muito tempo em campo.

No sábado, em sua 15° partida como profissional, 9° pelo Flamengo, marcou dois gols contra o Macaé e se tornou um dos artilheiros do Carioca.

No próximo domingo (14), o Fla encara o clássico contra o Fluminense, às 18h, e pode ter mais uma chance de mostrar seu valor para o treinador, antes dos retornos de Gabigol e Pedro.