<
>

Benzema diz que só tem um amigo e revela como era relação com Cristiano Ronaldo no Real Madrid

Em entrevista à revista Icon, do jornal espanhol El País, o atacante Karim Benzema, do Real Madrid, abriu o coração.

O francês, de origem argelina, lembrou a infância difícil que teve na cidade de Lyon e contou quem são seus ídolos na vida.

"Venho de um bairro onde as coisas eram muito difíceis. Quando eu via os garotos mais velhos bem vestidos e com carros bonitos, a única coisa que queria era ser igual a eles", lembrou.

"No futebol, meu ídolo sempre foi Ronaldo, o brasileiro. Gosto também de Mike Tyson no boxe. Eu o admiro, porque somos pessoas que vieram de baixo e fomos subindo na vida pouco a pouco. Para nós, nada foi fácil, nunca ganhamos nada de graça", afirmou.

Benzema também admitiu ser uma pessoa muito reclusa e que raramente demonstra sentimentos. Até por isso, diz só ter um amigo de verdade na vida.

"Eu tenho sentimentos, mas nunca mostrarem minhas fraquezas, mesmo tendo muitas. Quando me sinto mal com algo, guardo para mim", salientou.

"Só tenho um amigo na vida. Isso demonstra que amizade é algo que valorizo muito e significa demais para mim", completou.

Na entrevista, que ainda terá sua versão completa publicada, o centroavante ainda lembrou sua relação com Cristiano Ronaldo no Real Madrid.

Juntos, eles fizeram muito sucesso no ataque merengue, mas Benzema frequentemente tinha que se sacrificar em campo para que CR7 pudesse brilhar.

"Com a saída de Cristiano (em 2018), eu pude desempenhar um papel diferente no Real. Antes, ele marcava 50 gols no ano, e eu tinha que me adaptar ao estilo de jogo dele", recordou.

"Mas ele é um dos melhores do mundo, e eu sempre estava feliz jogando ao seu lado", garantiu.

Por fim, ele fez muitos elogios ao técnico Zinedine Zidane.

"Para mim, é como se fosse meu irmão mais velho. Sempre me dá conselhos valiosos", finalizou.