<
>

Rivaldo revive Palmeiras x Grêmio dos anos 90 e se derrete por Renato: 'Consegue competir com clubes com mais dinheiro'

O Palmeiras largou na frente nos primeiros 90 minutos da final da Copa do Brasil. Mesmo fora de casa, diante do Grêmio, o Verdão venceu por 1 a 0, com um gol do zagueiro Gustavo Gómez, e pode ser tetracampeão do torneio com um simples empate, no próximo domingo (7), no Allianz Parque.

A história envolvendo Palmeiras e Grêmio é bastante rica e teve o ápice da rivalidade vivido nos anos 1990. Porém, apesar dos mata-matas em Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, os dois times nunca decidiram uma taça sequer naquele período.

Entre os memoráveis duelos, o mais especial certamente aconteceu pela Libertadores de 1995, quando gaúchos e paulistas disputaram as quartas de final, em uma espécie de "final antecipada" da maior competição da América do Sul. Com grandes nomes, os dois times protagonizaram confrontos dos mais emocionantes de toda a história da competição

Na ida, no Olímpico, o Palmeiras sentiu a pressão do forte time de Luiz Felipe Scolari, perdeu dois atletas por expulsão e viu o centroavante Jardel anotar três gols no massacre gremista por 5 a 0.

Em São Paulo, precisando de um milagre no antigo Parque Antártica, o Verdão conseguiu uma reação espetacular ao sair atrás no marcador e ainda obter uma virada por 5 a 1, mas que foi insuficiente para dar a classificação ao Alviverde.

Um dos expulsos na partida de ida, o craque Rivaldo, com passagens historicas por Palmeiras, Barcelona e seleção brasileira, concedeu entrevista exclusiva ao ESPN.com.br. Para o ex-meio-campista, a decisão da Copa do Brasil de 2020 tem muitas semelhanças aos duelos entre os dois times nos anos 1990. O craque ainda rasgou elogios ao técnico Renato Gaúcho.

"Existem muitas semelhanças naquelas partidas dos anos 90 com a final de agora. O Grêmio tem um grande treinador, admiro demais o Renato Gaúcho. Sempre fala o que tem para falar, conduz suas equipes a bons trabalhos, chegando em decisões, consegue competir com clubes com mais dinheiro. Não tem favorito, ambos podem ser campeões".

Sem a regra do chamado gol fora na decisão da Copa do Brasil, o Grêmio precisa vencer a partida por um gol de diferença no próximo domingo para pelo menos levar a decisão para os pênaltis. Um triunfo do Imortal por dois ou mais gols dá o hexacampeonato da competição aos gaúchos.

Veja todos os mata-matas entre Palmeiras e Grêmio na história da Copa do Brasil:

Copa do Brasil 1993 – Quartas de final – Grêmio classificado

Ida: Palmeiras 1 x 1 Grêmio

Volta: Grêmio 1 x 1 Palmeiras – Grêmio venceu nos pênaltis por 7 a 6

Copa do Brasil 1995 – Oitavas de final – Grêmio classificado

Ida: Grêmio 1 x 1 Palmeiras

Volta: Palmeiras 2 x 2 Grêmio

Copa do Brasil 1996 – Semifinal – Palmeiras classificado

Ida: Palmeiras 3 x 1 Grêmio

Volta: Grêmio 2 x 1 Palmeiras

Copa do Brasil 2012 – Semifinal – Palmeiras classificado

Ida: Grêmio 0 x 2 Palmeiras

Volta: Palmeiras 1 x 1 Grêmio

Copa do Brasil 2016 – Quartas de final – Grêmio classificado

Ida: Grêmio 2 x 1 Palmeiras

Volta: Palmeiras 1 x 1 Grêmio