<
>

PSG atrasa pagamentos e é multado em mais de R$ 4,6 milhões

Depois da derrota por 2 a 0 para o Mônaco, no fim de semana, pelo Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain segue rodeado de problemas. Segundo publicação desta terça-feira (23) do jornal Le Parisien, o clube foi multado em 700 mil euros, mais de R$ 4,6 milhões nas cifras atuais, por um atraso no pagamento aos seus fornecedores. A punição foi aplicada pela Direção-Geral da Concorrência, Consumo e Combate à Fraude (DGCCRF), um importante órgão fiscal da França.

A multa é relacionada às violações cometidas durante período anterior à pandemia da COVID-19. Segundo o próprio PSG, o clube recorreu da decisão, mas o recurso não tem efeito suspensivo. O atraso nos pagamentos é referente à temporada 2017-18, e datam de janeiro a junho de 2018.

Com um orçamento anual de 600 milhões de euros (R$ 9,95 bilhões), o PSG prevê um déficit de até 300 milhões de euros (R$ 1,97 bilhão) para a atual temporada. E tudo isso por conta da grave crise econômica gerada pela pandemia da COVID-19.

Esta foi a quarta multa de mesmo valor aplicada pelo DGCCRF na atual temporada. O órgão começou a aplicar tal punição em 2016, com a criação da Lei da Transparência.

A nível desportivo, o PSG é o terceiro colocado da Ligue 1, com 54 pontos e a quatro do Lille, que lidera a competição. Na Champions League, a equipe tem classificação bem encaminhada à quartas de final, após golear o Barcelona por 4 a 1 no Camp Nou, no jogo de ida das oitavas.