<
>

Brasileirão: Inter vence Vasco em jogo com polêmicas, segue líder e pode ser campeão no domingo

O líder segue na ponta da tabela - e agora a um passo de ser campeão. O Internacional visitou o Vasco neste domingo (14), em São Januário, em duelo decisivo pela 36° rodada do Brasileirão, e saiu vitórioso: 2 a 0, graças a gols de Rodrigo Dourado, em polêmico lance no primeiro tempo, e Thiago Galhardo, já nos acréscimos da etapa final.

Com o resultado, o Inter segue na liderança do Brasileiro, com 69 pontos. A equipe colorada, que assumiu a primeira posição na 31ª rodada, mantém a vantagem de um ponto sobre o Flamengo, que no mesmo horário derrotou o Corinthians, no Maracanã. Os dois se enfrentam no próximo domingo, no Rio de Janeiro, quando o time gaúcho será campeão em caso de nova vitória.

O Vasco, por sua vez, fica em 17° lugar, abrindo a zona de rebaixamento, com 37 pontos. Sob comando de Vanderlei Luxemburgo, o time carioca luta para se manter na primeira divisão e evitar a quarta queda para a Série B, que o colocaria junto a Botafogo e Cruzeiro na próxima temporada.

A partida era importante para os dois times. O Colorado, vindo de uma derrota dentro de casa no meio de semana, queria voltar aos rumos e se manter na liderança do torneio, dependendo somente de si para se sagrar campeão.

O Cruzmaltino, por sua vez, iniciava a rodada na zona de rebaixamento, com os rivais na disputa tendo vencido seus duelos dentro da rodada e atrapalhando sua vida.

A partida começou melhor para os visitantes. Logo aos 10 minutos, Rodrigo Dourado recebeu bom cruzamento de Moisés e cabeceou no cantinho, sem chances para Fernando Miguel defender, abrindo o placar.

Houve dúvida se o volante do Inter estaria impedido no lance, mas, por um problema no VAR, na calibragem das linhas que demarcam impedimento, não houve checagem no vídeo e o lance foi confirmado.

O lance gerou uma reação quase imediata do time da casa, que passou a tentar dominar as ações da partida.

Os vascaínos ainda reclamaram da arbitragem em um lance na área, alegando que a bola teria batido na mão de Yuri Alberto, pedindo penalidade, mas nada foi assinalado por Flávio Rodrigues de Souza.

Na volta para o segundo tempo, pessoas das comissões técnicas das duas equipes chegaram a discutir entre si, além de Luxemburgo reclamar com a arbitragem por conta da falha técnica ocorrida na cabine do VAR na hora do gol colorado.

A segunda parte da partida seguiu da mesma forma que a reta final da primeira, com o Vasco tendo maior controle da bola, mas sem conseguir agredir a defesa colorada. O Inter, por sua vez, se aproveitava dos buracos da defesa adversária para tentar o contra-ataque.

Aos 31 minutos, o árbitro marcou pênalti de Cuesta em Cano, deixando o Cruzmaltino com a chance de empatar a partida. O atacante argentino, porém, desperdiçou a cobrança chutando para fora.

O camisa 14 ainda teve mais uma chance, aos acréscimos, em posição irregular, mas o chute foi salvo por Marcelo Lomba na pequena área.

Mas, pouco depois, após sequência de chances perdidas pelo Inter, Thiago Galhardo ampliou o placar, após chute no canto de Fernando Miguel.

Com o resultado, o Internacional pode se sagrar campeão no próximo final de semana, em caso de vitória contra o Flamengo. O Vasco, por sua vez, pode confirmar o rebaixamento em caso de derrota para o Corinthians e vitória do Bahia.

Ficha técnica

Vasco 0 x 2 Internacional

GOLS: Rodrigo Dourado e Thiago Galhardo (INT)

VASCO: Fernando Miguel; Léo Matos (Yago Pikachu), Ricardo Graça, Leandro Castán e Henrique (Neto Borges); Bruno Gomes (Juninho), Léo Gil, Carlinhos, Benítez e Talles Magno; Cano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny), Maurício (Rodrigo Lindoso), Edenílson, Praxedes (Nonato) e Caio Vidal (Thiago Galhardo); Yuri Alberto (Peglow). Técnico: Abel Braga

Estatísticas

- Última vitória do Internacional em São Januário havia sido em 2012.

- Abel quebra sequência de 16 jogos sem vencer Luxa pelo Brasileirão. Última vitória tinha sido em 1986.

- O Internacional é o time com mais gol de cabeça do Brasileirão, com 18.

- Moisés é o jogador com mais assistências no Internacional, chegando a cinco neste partida.


Classificação

- Vasco: 17° lugar, com 37 pontos
- Internacional: 1° lugar, com 69 pontos


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na próxima semana, pelo Brasileirão.

  • domingo, 21/02, 16h*, Corinthians x Vasco

  • domingo, 21/02, 16h*, Flamengo x Internacional

    *horário de Brasília