<
>

Contrato de Messi com Barcelona inclui cláusulas sobre idioma e independência da Catalunha

Depois de revelar que Lionel Messi poderia garantir mais de 555 milhões de euros (aproximadamente R$ 3,6 bilhões) com seu contrato com o Barcelona, o jornal “El Mundo” publicou outros detalhes do vínculo do craque argentino com o clube catalão.

Algumas cláusulas são curiosas – mas também padrão nos contratos firmados pela equipe com seus astros estrangeiros. Entre elas, a necessidade de tentar aprender catalão.

A reportagem detalha que o contrato assinado por Messi exige que ele “integre-se à sociedade e cultura catalã” e “realize os máximos esforços para se integrar à sociedade catalã”. O Barcelona, em contrapartida, ofereceria todos os meios para o aprendizado do idioma.

Em outra cláusula, o contrato exige que Messi também “adote uma conduta pessoal e um ritmo de vida adequados” – sem detalhar o que isso significa – e, claro, não se dope.

Até mesmo uma possível independência da Catalunha é abordada em contrato. Nesse caso, Messi ficaria livre para abrir mão do vínculo, com o detalhe de que jogos da Copa da Catalunha não são considerados oficiais, por exemplo, para as metas estabelecidas no acerto.

Em relação à necessidade de tentar aprender catalão, o contrato de Neymar com o Barcelona também tinha cláusula similar, segundo noticiou a imprensa espanhola na época.

O vazamento de detalhes do contrato de Messi causou incômodo no jogador e também no Barcelona, que vão entrar com ação judicial contra a publicação.