<
>

Neymar diz que ponderou parar de jogar e fala sobre ódio nas redes: 'Pessoas te julgam e te invejam'

Em entrevista à revista inglesa "Gaffer", o atacante do Paris Saint-Germain revelou que chegou a cogitar encerrar precocemente a sua carreira.

O jogador de 28 anos, porém reiterou o seu amor pelo futebol acima de tudo.

"Eu nunca vou perder paixão pelo futebol, mas tive momentos que quis parar de jogar", disse Neymar.

"Uma vez, cheguei ao ponto de perguntar para mim se deveria continuar jogando, já que as pessoas não gostam. Eu ia para casa com a cabeça quente e então lembrava de tudo que fiz para chegar até aqui. O amor que eu tenho pelo futebol e todas essas coisas sempre me acalmam e me trazem de volta para a realidade", completou.

Neymar também reclamou do mundo atual e falou sobre seu estilo arrojado de sempre partir para o drible.

"Eu às vezes vejo defensores pelos quais tenho que passar, independentemente de ser um belo drible ou não, mas, às vezes, até mesmo bons dribles, lances bonitos podem vir como uma ofensa para as pessoas".

"Acho que hoje o mundo está muito sensível. É engraçado, acho que hoje em dia nada pode ser feito e ao mesmo tempo tudo pode ser feito e todos fazem de tudo. Por exemplo, todos te julgam pelo que você faz e até pelo que você para de fazer", afirmou.

O camisa 10 do PSG e da seleção brasileira também falou sobre o ódio presente nas redes sociais.

"Redes sociais são um lugar onde muitas pessoas vêm e olham para uma parte da sua vida, te julgam, demonstram ódio e te invejam. É por isso que nunca levo os comentários a sério. Eu não gosto de ler coisas que não são legais, que não são necessárias. Mas, há pessoas ao meu redor, amigos, família e companheiros, que acabam lendo esses comentários e ficam chateados. O mundo está muito sensível por isso".