<
>

Amaral dá show em 'resenha' com Marcos após classificação do Palmeiras: inglês de Rivaldo, gagueira e até olho aberto com pressão do River

play
Amaral 'corneta' inglês de Rivaldo, e Marcos entra na onda: 'Tenho um amigo...' (0:27)

Dupla se divertiu em live após a classificação do Palmeiras para a final da Libertadores (0:27)

Após a emocionante classificação do Palmeiras para a grande decisao da Conmebol Libertadores diante do River Plate, o goleiro Marcos, ídolo do clube, foi ao Instagram para fazer uma live com os torcedores.

Sem conseguir dormir, o craque do time paulista nas décadas de 1990 e 2000 tomou uma série de cafés e interagiu com torcedores e também com ex-atletas do próprio Palmeiras.

Um deles foi o ex-volante Amaral. Multicampeão pelo Palmeiras durante os anos 1990, o bem-humorado palmeirense brincou com o goleiro e temeu pela eliminação para o River Plate, no Allianz Parque.

'Primeira vez que abro o olho na minha vida. Que sofrimento. Faltou uns caras mais experientes. É bom que tomou um choque e entra mais esperto na final. Importante é chegar na final', disse o volante.

play
0:18

Amaral 'tira onda' com ex-zagueiro Tonhão e faz Marcos chorar de rir em live

Dupla brincou com a dificuldade do ex-companheiro de Palmeiras

Amaral ainda brincou sobre a emoção vivida por Ademir da Guia, um dos maiores nomes da história do clube, e também sobre a 'gagueira' do zagueiro Tonhão, que fez história no Palmeiras na chamada 'Era Parmalat'.

'Tem que ligar pro Ademir da Guia, Marcão. Acho que parou o coração dele, estou preocupado. Disseram que o Divino quase subiu. Chamaram a ambulância e tudo para ele'.

play
0:28

'A hora que chamou o VAR, até abri o olho; primeira vez na minha vida'; Amaral 'gasta o inglês' e se diverte com Marcos

Jogadores conversaram após a classificação do Palmeiras na Libertadores

O craque Rivaldo, ex-companheiros dos presentes na live, brincou com Marcos e com Amaral. O ex-volante não perdoou e tirou sarro do melhor do mundo em 1999. "Fui fazer um evento com o Rivaldo em Orlando. O cara está lá há cinco anos e não fala uma palavra em inglês. Pelo amor de deus".

O Palmeiras está na final da Libertadores e aguarda a chegada de Santos ou Boca Juniors para o confronto decisivo. O duelo acontece no dia 30 de janeiro, às 17h, no Estádio do Maracanã.