<
>

Messi revela conversa com Neymar sobre duelo na Champions e fala sobre reedição da dupla em 2021

Um dos duelos mais esperados das oitavas de final da Uefa Champions League é entre Barcelona e Paris Saint-Germain, no reencontro entre Lionel Messi e Neymar, o primeiro desde que o brasileiro deixou o clube espanhol, em agosto de 2017.

E, em entrevista ao canal de TV La Sexta, o craque argentino revelou uma conversa entre os dois depois que o sorteio confirmou o confronto e disse o que achou da ideia de enfrentar o amigo logo no primeiro mata-mata.

“Falamos do sorteio. Não queríamos nos enfrentar agora. Eles tampouco queriam o Barcelona, porque, se não estamos em nosso melhor momento, somos uma equipe respeitada pela história. Será uma partida muito equilibrada”, disse.

Ainda no assunto Neymar, o argentino ainda comentou a fala do brasileiro, que, há semanas, falou da vontade de atuar novamente com Messi. Disse até que eles “tinham que fazer isso ano que vem”, justamente quando o camisa 10 fica sem contrato com o Barça.

“Ele não disse que vamos. Disse que gostaria, não”, apontou o atacante, alvo de PSG e também do Manchester City desde que manifestou o desejo de ir embora do Camp Nou, no verão passado.

Se não no PSG, os dois ainda poderiam se juntar, novamente, com a camisa do Barcelona, já que Neymar é um desejo antigo dos blaugranas. Messi, porém, não animou muito a ideia e colocou o desejo como uma missão difícil para o novo presidente.

“E como paga a transferência ao Paris? Não é fácil, vai ser uma situação difícil para o presidente novo. Terá que ser muito inteligente, organizar tudo e fazer muitas mudanças para que vá bem”, afirmou.

“Contratar Neymar deve ser caríssimo. Vai ser difícil contratar jogadores, porque não há dinheiro. E é preciso contratar vários jogadores importantes para voltar a brigar por tudo, mas também há que pagá-los”, finalizou.