<
>

São Paulo favorito? Como histórico do Brasileirão de pontos corridos deixa clube a 31 pontos do título

Novo líder do Campeonato Brasileiro, 15 jogos de invencibilidade, oito vitórias nos últimas dez partidas. A fase do São Paulo é ótima e permite ao torcedor sonhar - ou, para os mais céticos, se iludir - com um título que não aparece no Morumbi há, daqui alguns dias, exatos oito anos.

Também permite ao são-paulino fazer contas. Pelo histórico do Brasileirão de pontos corridos, desde a adoção da fórmula com 20 clubes, o Tricolor tem boas chances de sagrar-se campeão nacional pela primeira vez desde 2008 se conseguir 31 pontos nas 16 rodadas restantes.

Isso porque, desde 2006, nenhum vice-campeão da Série A fez mais do que 74 pontos. O recorde pertence ao Santos, de Jorge Sampaoli, na temporada passada, quando o campeão foi o Flamengo, de Jorge Jesus (veja, ao fim da matéria, a pontuação de todos os que acabaram em segundo lugar).

Como tem 44 pontos em 22 jogos (aproveitamento de 66,7%), o São Paulo precisaria de mais 31 para alcançar o "número mágico" de 75. Nesse cenário, poderia até ter um aproveitamento menor, de 64,5%, para atingir a meta.

A estatística não leva em conta as três primeiras edições do Brasileirão de pontos corridos, já que os campeonatos de 2003, 2004 e 2005 tiveram mais do que 20 clubes. Neles, os vice-campeões foram Santos (87 pontos), Athletico-PR (86) e Internacional (78), respectivamente.

O São Paulo tem uma maratona pela frente para tentar manter a liderança e a boa fase. Do próximo domingo (12) até o fim de dezembro, faz mais sete jogos, sendo cinco pelo Brasileirão (Sport, Botafogo, Corinthians, Atlético-MG e Fluminense) e os dois da semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio.

A partir de janeiro, a reta final da Série A coloca o Tricolor contra: Red Bull Bragantino (fora), Santos (casa), Athletico-PR (fora), Internacional (casa), Coritiba (casa), Atlético-GO (fora), Palmeiras (casa), Ceará (casa), Grêmio (fora), Botafogo (fora) e Flamengo (casa).

Veja pontuação dos vice-campeões brasileiros desde 2006:

2006 - Internacional - 69 pontos

2007 - Santos - 62

2008 - Grêmio - 72

2009 - Internacional - 65

2010 - Cruzeiro - 69

2011 - Vasco - 69

2012 - Atlético-MG - 72

2013 - Grêmio - 65

2014 - São Paulo - 70

2015 - Atlético-MG - 69

2016 - Santos - 71

2017 - Palmeiras - 63

2018 - Flamengo - 72

2019 - Santos - 74