<
>

Messi lamenta morte de Maradona: 'Nos deixa, mas não se vai, porque Diego é eterno'

Para muitos o melhor jogador argentino depois de Diego Armando Maradona, Lionel Messi lamentou a perda do craque e ídolo do futebol mundial. Em suas redes sociais, postou uma foto ao lado do eterno camisa 10 com um texto de agradecimento e despedida.

“É um dia muito triste para todos os argentinos e para o futebol. Nos deixa, mas não se vai, porque Diego é eterno”, escreveu Messi.

“Fico com todos os momentos lindos em que estive com ele e aproveito para enviar uma mensagem de pêsames para os familiares e amigos de Maradona”, completou.

Eles trabalharam juntos na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, quando a Argentina chegou até as quartas de final e foi eliminada pela Alemanha, com goleada de 4 a 0. Maradona era o técnico, e Messi jogava seu segundo Mundial.

Maradona, 60, morreu nesta quarta-feira (25), em Buenos Tigre, cidade vizinha a Buenos Aires, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Desde o começo do mês a saúde dele já estava fragilizada, quando foi operado de um hematoma subdural.

Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento do ex-jogador. Também não se sabe se Messi irá acompanhar. Uma legião de fãs, ao saber da notícia, foi até a casa dele. Eles estão reunidos lá em ato de homenagem e solidariedade à família.