<
>

Libertadores: Jornal argentino vê Racing prejudicado por arbitragem e VAR contra o Flamengo

O jornal argentino Olé ficou muito bravo com a arbitragem no empate por 1 a 1 entre Racing e Flamengo, nesta terça-feira, pela Conmebol Libertadores, e considerou que a equipe albiceleste foi prejudicada pela arbitragem e pelo VAR.

A principal reclamação ficou por conta da anulação do gol do atacante Lisandro López, em uma cabeçada aos 4 minutos do 2º tempo.

A arbitragem acabou anulado o tento pois considerou que Mena fez falta em Everton Ribeiro no início do lance, algo que os atletas argentinos discordaram fortemente.

"Um bravo Racing foi prejudicado pelo VAR", reportou o Olé.

"A equipe dominou o Flamengo, mas não ganhou porque anularam um gol de Lisandro López de maneira bizarra", salientou.

"Mena fez linda corrida pela esquerda e passou fácil por Everton Ribeiro, servindo o ídolo para dar uma ótima cabeçada. Enorme golaço, que o venezuelano Alexis Herrera anulou por uma falta inexistente do chileno. Foi insólito de tudo o VAR acionar o juiz...", ironizou.

Vale lembrar que o Racing ainda teve um 2º gol anulado na partida, após conclusão de Reniero.

No entanto, o VAR comprovou que houve impedimento na origem do lance, e o tento foi cancelado de forma correta.

Com o resultado, o clube brasileiro joga por uma vitória simples ou por um empate por 0 a 0 na próxima terça-feira, no Maracanã, para avançar às quartas. La Academia, por sua vez, precisará buscar um triunfo por qualquer placar ou empate por 2 a 2 ou mais. Novo 1 a 1 leva a definição para os pênaltis.