<
>

Milito diz por que deixou o Racing em crise e antes de pegar o Flamengo: 'Momentos acontecem'

O Racing enfrenta o Flamengo, na terça-feira, às 21h30, com transmissão do FOX Sports e tempo real em vídeos do ESPN.com.br, pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores. E o time argentino sofreu um baque antes do duelo: a saída de Diego Milito.

Ídolo do clube, o ex-atacante decidiu sair do cargo de diretor esportivo. E explicou a razão da decisão ser tomada antes do jogo decisivo pelo torneio continental.

“Com certeza, muita gente vai pensar 'por que comunicar agora antes de um jogo importante?’. Acreditem em mim, pensei nisso a semana toda. No final, hoje levantei e disse que momentos não são escolhidos, eles acontecem”.

“Sou transparente e não especulo a situação esportiva ser o motivo. Minha saída está longe de ser por dois ou três resultados ruins”, completou.

Milito ainda pediu que a torcida continue apoiando a equipe. Segundo ele, a Libertadores é um sonho possível.

“Peço para que não façam bagunça. Vamos ficar unidos até o fim apoiando a equipe e a comissão técnica. Eles vão deixar tudo pelas cores do clube e buscar o sonho que temos: a Libertadores”, finalizou.

O Racing não vive boa fase na temporada e chega para o duelo contra os cariocas em crise. Até o momento, o time não venceu no Campeonato Argentino.

Nos quatro jogos disputados, quatro derrotas. O foco é se recuperar na terça-feira para ganhar confiança para a sequência da temporada.