<
>

Abel: 'Ramires pagou por seu erro e conto com ele no Palmeiras'

Após a derrota por 1 a 0 para o lanterna Goiás, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, comentou a situação do volante Ramires no elenco alviverde.

No último dia 13, o veterano, que ganha um dos maiores salários do plantel, foi multado pelo Verdão após ser flagrado sem máscara em uma balada, em São Paulo.

O atleta, que tem contrato até 2022, até se desculpou pelas redes sociais, mas sua situação na Academia de Futebol ficou bastante turbulenta.

Depois do ocorrido, Abel ainda não havia comentado publicamente o caso de Ramires, mas acabou tratando do tema em Goiânia, na noite do último sábado.

O treinador português fez uma analogia com uma prisão e explicou que, a seu ver, o ex-atleta da seleção brasileira já está "perdoado" e apto para ser usado nas partidas.

"Os princípios que eu tenho para minha vida particular eu tenho também no futebol. Quando alguém comete algum erro, vai preso, cumpre a pena e, ao sair da prisão, volta a ser um cidadão normal", explicou.

"Eu não penalizo ninguém por algo. Ele pedi perdão, está disponívele conto com ele para os jogos. O Ramires é um cidadão como outro qualquer", completou.

Contra o Goiás, Ramires foi titular e jogou os 90 minutos, até por falta de opções, já que Zé Rafael estava suspenso e o Alviverde tinha um verdadeiro "batalhão" de desfalques.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Delfín-EQU, pelo jogo de ida das oitavas da Conmebol Libertadores, fora de casa.

No Brasileiro, o Verdão estacionou em 34 pontos e está em 5º lugar.