<
>

Flamengo: Os bastidores das últimas horas de Domènec Torrent como técnico

A situação de Domènec Torrent no Flamengo ficou insustentável após mais uma goleada sofrida, agora para o Atlético-MG, por 4 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. O espanhol perdeu o apoio da diretoria, que decidiu contratar outro treinador e desde o domingo já analisava possibilidades.

Nem Marcos Braz, principal defensor de Dome, conseguiu mantê-lo. Os argumentos do vice de futebol não convenceram o presidente Rodolfo Landim. A única coisa que segurou o espanhol até a tarde desta segunda-feira foi a multa de 2 milhões de euros (quase R$ 13 milhões). E o mandatário decidiu - com apoio da maioria - que, desta vez, nem o alto valor a ser pago manteria Dome.

Obviamente pesaram as goleadas para Independiente Del Valle, São Paulo e Atlético-MG. Mas a entrevista dada após a derrota do último domingo foi o estopim de tudo. Segundo um dirigente ouvido pela reportagem, algumas declarações incomodaram "tanto quanto a derrota".

Dome disse: "Tivemos sorte porque quando sofremos oito gols em dois jogos, só estamos a um ponto do líder".

Essa afirmação de Domènec Torrent deixou parte da diretoria, que já não gostava dele, muito revoltada. Esse cartola definiu Dome como "a cara da derrota. Não pode estar aqui".

O espanhol ainda deu treino nesta segunda-feira pela manhã para os jogadores que não começaram o jogo do dia anterior. Mas seu destino já estava selado.

Segundo apurou a ESPN, o treinador estava reunido com Marcos Braz quando o anúncio de sua demissão foi publicado nas redes sociais do Flamengo. Ele não sabia que seria dispensado.

Ao despedir-se do clube rubro-negro, Dome fez questão de citar apenas um dirigente nominalmente. "Os outros o jogaram na fogueira", definiu uma pessoa próxima ao técnico.

"Como já é de conhecimento público, hoje deixei de ser treinador do Flamengo. Quero agradecer aos jogadores, porque com eles compartilhamos muitas horas de trabalho, alegrias das vitórias, as dores das derrotas. Agradeço também o clube, médicos, preparadores, pessoal de staff, Marcos Braz é demais dirigentes do clube. Meu agradecimento em especial a esta grande torcida. Obrigado, Nação Rubro Negra! Vocês ficarão pra sempre em meu coração! Um grande abraço!!", escreveu.