<
>

Helinho ouve 'conselho' de Brenner, e São Paulo fecha empréstimo ao Red Bull Bragantino que pode render até R$ 28 milhões

play
Flávio Gomes sobre goleada no Maracanã: 'Não foi o normal do Flamengo e nem o normal do São Paulo' (1:42)

O resultado foi 'anormal', mas o comentarista acredita que isso aconteça com mais frequência no futuro (1:42)

Helinho está de malas prontas para deixar o São Paulo rumo ao Red Bull Bragantino, que o adquire por empréstimo válido até dezembro de 2021. O time tricolor não pagará nenhuma parte de seu salário nesse período e pode ver o negócio render até R$ 28 milhões no futuro.

Como apurou revelou o UOL e confirmou a ESPN, o São Paulo recebe imediatamente R$ 2,6 milhões, além de mais R$ 1 milhão em junho de 2021. O acerto estabelece opção de compra pello garoto de 20 anos, e o preço varia de acordo com o percentual de direitos econômicos que o seu novo clube adquirir, sendo cerca de R$ 24 milhões por 60% ou até R$ 28 milhões por 70%

Um fato interessante é que Brenner pode ter influenciado a decisão de Helinho de sair. Ambos são muito amigos, e o hoje titular do time de Fernando Diniz comentou que sua saída para o Fluminense foi essencial na sua recuperação ao voltar para o São Paulo.

Helinho tem contrato com o Tricolor até abril de 2023. Surgiu no time principal pelas mãos do técnico uruguaio Diego Aguirre, em 2018, ao anotar um belo gol na estreia contra o Flamengo, em um empate por 2 a 2, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Desde então, o atacante nunca mais repetiu a atuação daquela tarde. Helinho tem 35 partidas no time principal do São Paulo e dois gols, o último na vitória por 3 a 1 sobre o Guarani, no Campeonato Paulista de 2020. Entrou pela última vez contra o Binacional, em 20 de outubro.

Helinho se torna mais uma baixa no elenco tricolor, que, após a pandemia, também ficou sem o zagueiro Anderson Martins e os atacantes Alexandre Pato, Antony e Everton. Em compensação, o único a chegar foi Luciano, trocado com o Grêmio justamente por Everton.

O São Paulo está em quinto na tabela do Brasileirão, com os mesmos 30 pontos do Santos, que vem na sequência. No entanto, o time tricolor tem três jogos a menos que Internacional e Flamengo, os atuais líderes, com 35. Já o Bragantino é o 18º colocado, na zona de rebaixamento, com 19 pontos.