<
>

Flamengo: Marcos Braz confirma que Thiago Maia continua no clube até o meio de 2021

play
Mauro Naves aplaude goleada sobre o Flamengo e destaca 'outro São Paulo' no Brasileirão (0:56)

Tricolor paulista venceu por 4 a 1 no Maracanã (0:56)

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz disse ao jornalista da ESPN Brasil Jorge Nicola que conseguiu negociar para que o volante Thiago Maia continue na Gávea até junho de 2021.

A informação foi publicada por Nicola em seu blog no portal Yahoo! nesta segunda-feira (2).

Thiago Maia foi emprestado ao clube rubro-negro pelo Lille, da França, em janeiro, mas com um contrato até 31 de dezembro, assim como Pedro (junto à Fiorentina) e Pedro Rocha (Spartak Moscou). Seria difícil segurar os três de forma definitiva.

Mas Braz conseguiu prolongar a permanência do volante, algo que alivia os cofres por hora. Caso não fosse possível, o Flamengo dificilmente teria capacidade financeira para comprar Pedro e Thiago Maia juntos, em dezembro.

O jornalista lembra que a Fiorentina já avisou que não aceita prorrogar o empréstimo e a única opção ao Flamengo é comprá-lo. São 13 milhões de euros (R$ 86,8 milhões), sendo 12 milhões de euros pela compra e mais 1 milhão de euros pelo empréstimo.

O custo de Thiago Maia também é elevado: 7 milhões de euros (R$ 46,7 milhões). Agora, o Flamengo terá até junho de 2021 para trabalhar suas receitas e alcançar o valor desejado pelos franceses.

Por fim, Nicola recorda que Thiago Maia só conseguiu ganhar espaço na Gávea depois da saída de Jorge Jesus. E sob o comando de Domènec Torrent, o volante de 23 anos se tornou titular absoluto. No total, soma 25 partidas e ainda não marcou gols.

Há duas semanas, em entrevista exclusiva para o ESPN.com.br, Thiago Maia afirmou que desejava continuar no Flamengo, elogiando justamente a relação com o treinador espanhol.

“Estou muito feliz no Flamengo e quero continuar fazendo parte dessa família. É o clube que torço e tenho um amor enorme desde a infância. Meu estafe está cuidando de toda essa negociação”, disse na ocasião.