<
>

Seleção olímpica é convocada sem atletas que atuam no Brasil, com Paquetá, Reinier, dupla do Ajax e três do Shakhtar

play
Tite convoca seleção brasileira para as eliminatórias; veja a lista (1:16)

Treinador repetiu boa parte da última lista, mas trouxe novos jogadores, como Vinicius Jr (1:16)

A seleção brasileira olímpica foi convocada nesta sexta-feira pelo técnico André Jardine para dois amistosos em novembro na Arábia Saudita contra a equipe anfitriã (dia 13) e Egito (dia 16). Os dois rivais, assim como Brasil, estão garantidos nos Jogos de Tóquio em 2021.

A grande novidade desta lista é a presença apenas de jogadores que atuam fora do país. Assim, a convocação tem atletas predominantemente do futebol europeu e um que joga nos Estados Unidos.

Bruno Guimarães, Rodrygo e Matheus Cunha - presentes na seleção principal para a primeira rodada dupla das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 - estão na equipe olímpica. O Shakhtar Donetsk teve três convocados, enquanto o Ajax tem dois.

Ex-Flamengo, Reinier e Lucas Paquetá também foram chamados.

Veja abaixo a lista da seleção olímpica

Goleiros: Phelipe Megiolaro (FC Dallas), Gabriel Brazão (Oviedo) e Daniel Fuzato (Gil Vicente);

Laterais: Emerson (Betis), Dodô (Shakhtar Donetsk), Ayrton Lucas (Spartak Moscou) e Caio Henrique (Monaco);

Zagueiro: Roger Ibañez (Roma), Luiz Felipe (Lazio), Gabriel Magalhães (Arsenal) e Lyanco (Torino);

Meio-campistas: Wendel (Zenit), Marcos Antônio (Shakhtar Donetsk), Bruno Guimarães (Lyon), Maycon (Shakhtar Donetsk), Lucas Paquetá (Lyon) e Reinier (Borussia Dortmund);

Atacantes: Antony (Ajax), Pedrinho (Benfica), Rodrygo (Real Madrid), David Neres (Ajax), Matheus Cunha (Hertha Berlin) e Evanílson (Porto).