<
>

Brasileirão: Fluminense sai na frente do Ceará, leva virada em 'lambança' de Digão e busca empate no fim

Fluminense e Ceará fizeram um animado duelo neste sábado (17) à noite, no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu na frente com Luiz Henrique, mas levou a virada do Vozão graças a gol contra de Hudson e outro de Vinicius, após falha grave de Digão. O empate em 2 a 2 saiu aos 45 minutos do segundo tempo, com Danilo Barcelos.

O resultado mantém os dois sem tanta movimentação na tabela de classificação. O Fluminense sobe para 27 pontos, aumenta a invenciblidade para seis rodadas e segue na zona de classificação à Conmebol Libertadores. Já o Ceará salta para 19, desperdiça a chance de uma segunda vitória seguida e agora foca na decisão do Campeonato Cearense.

As primeiras movimentações da partida indicavam que o placar seria diferente. Logo a 12 minutos, após troca de passes pelo lado esquerdo, Danilo Barcelos acertou cruzamento na cabeça de Luiz Henrique. A finalização pegou no travessão antes de entrar e fez a festa do garoto, que anotou seu primeiro gol pelo time principal.

O domínio, aos poucos, passou para o lado alvinegro, o que deu justiça quando o Ceará conseguiu o empate aos 41 minutos. Após cobrança de escanteio pela esquerda e um tumulto na área, Hudson desviou para dentro do próprio gol tricolor.

Na segunda etapa, o Ceará soube exercer seu futebol sobre o Fluminense, mas teve dificuldade para criar. O lance da vitória saiu dos pés de Vinicius, mas com bela colaboração de Digão. O zagueiro errou um domínio simples e perdeu a bola para o artilheiro do Vozão, que arrancou até a área, passou por Muriel e bateu para o fundo das redes.

Mas o Fluminense encontrou uma maneira de se recuperar. Aos 45 minutos, após cruzamento de Caio Paulista pela esquerda, Fred ajeitou de cabeça para Danilo Barcelos, que desviou no canto e amenizou a barra dos companheiros.

Ficha técnica

Fluminense 2 x 2 Ceará

GOLS: Luiz Henrique e Danilo Barcelos (FLU); Hudson, contra, e Vinicius (CEA)

FLUMINENSE: Muriel; Igor Julião, Nino, Digão e Danilo Barcelos; Hudson (Caio Paulista) e Dodi; Yago Felipe (André, depois Felippe Cardoso), Nenê (Ganso) e Luiz Henrique (Marcos Paulo); Fred. Técnico: Odair Hellmann

CEARÁ: Fernando Prass; Fabinho, Tiago, Eduardo Brock e Bruno Pacheco; Pedro Naressi (Leandro Carvalho) e Charles; Fernando Sobral, Vinicius (Lima) e Léo Chú (Kelvyn); Rafael Sobis (Cléber). Técnico: Guto Ferreira

Estatísticas

1º gol de Luiz Henrique em 14 jogos como profissional

Ceará teve mais posse de bola que o Fluminense no 1º tempo: 55% a 45%

6 chutes do Ceará contra 3 do Fluminense na etapa inicial

5º gol de Vina no Campeonato Brasileiro deste ano


Classificação

- Fluminense: 6º, com 26 pontos
- Ceará: 12º, com 19 pontos


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no próximo final de semana:

  • Sábado, 24/10, 19h*, Ceará x Coritiba

  • Domingo, 25/10, 16h*, Fluminense x Santos

Na quarta (21), o Ceará faz a segunda partida da final do Campeonato Cearense, às 21h30, contra o Fortaleza

* Horário de Brasília