<
>

'Plano A' do Palmeiras, Ramírez quer ficar no Del Valle até final do ano e só viria ao Brasil por 'grande projeto'

play
No Bola da Vez, Miguel Ángel Ramírez diz que só trabalha no Brasil se clube interessado mostrar convicção: 'Não dá para ir ao supermercado' (1:45)

Técnico do Independiente del Valle é o convidado do Bola da Vez de casa deste sábado, às 22h00, na ESPN Brasil e ESPN App (1:45)

O Palmeiras tem um treinador favorito para assumir a vaga de Vanderlei Luxemburgo, demitido na última quarta-feira: o espanhol Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle, do Equador, segundo apurou o ESPN.com.br.

Tirá-lo da equipe equatoriana, porém, será missão muito difícil para a diretoria comandada por Maurício Galiotte.

Segundo pessoas próximas ao treinador ouvidas pela reportagem, Ramírez não quer deixar o Del Valle antes do final de 2020 (seu contrato vai até dezembro de 2021).

As fontes afirma que o espanhol pode aceitar negociar com o Verdão, mas que as conversas visariam 2021. Além disso, salientam que é "muito difícil" que ele rompa seu vínculo com o Independiente de "maneira abrupta"

Por fim, as fontes ainda lembram que Ramírez tem horror às contantes trocas de técnicos do futebol brasileiro, e só aceitaria vir ao país por um "grande projeto" - ou seja, contrato longo e garantias de que terá tempo para impôr sua filosofia.

Horas após a publicação desta reportagem, Miguel Ángel concedeu entrevista coletiva prévia ao jogo contra a LDU, neste sábado, pelo Campeonato Equatoriano, e falou sobre o interesse do Palmeiras. Ele confirmou as informações e disse que é "muito complexo" deixar a sua atual equipe neste momento.

"Tenho contrato com o clube [Independiente Del Valle]. Quem quiser meus serviços deve falar com a diretoria, mas é muito complexo, muito complexo", observou.

O estrangeiro vem fazendo grande trabalho no clube equatoriano nos últimos anos, conquistando títulos expressivos, como a Copa Sul-Americana, e fazendo campanhas de destaque na Conmebol Libertadores.

Vale lembrar também que Ramírez tem ótima situação financeira no Del Valle, que é propriedade do magnata Michel Deller, e ganha salário em dólar, que é a moeda corrente no Equador.

play
1:45

No Bola da Vez, Miguel Ángel Ramírez diz que só trabalha no Brasil se clube interessado mostrar convicção: 'Não dá para ir ao supermercado'

Técnico do Independiente del Valle é o convidado do Bola da Vez de casa deste sábado, às 22h00, na ESPN Brasil e ESPN App

Em coletiva na última quinta-feira, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, ressaltou que a diretoria palestrina busca um "modelo de jogo", independentemente se for com um treinador nacional ou estrangeiro.

"Se o técnico será brasileiro ou estrangeiro, não é isso que vai definir. O que vai definir é o conceito de jogo. O Palmeiras já há algum tempo não vem fazendo isso, não só na minha gestão. A gente não definiu o modelo, a forma que quer trabalhar. Isso tem que ser feito", salientou.

Vale lembrar que o comandante espanhol já foi procurado pelo Flamengo após a saída do português Jorge Jesus para o Benfica.

À época, porém, as negociações não evoluíram, e Domènec Torrent, que estava sem clube, acabou sendo o escolhido pela diretoria rubro-negra.

Enquanto não contrata seu novo treinador, o Verdão será comandado por Andrey Lopes, que é auxiliar-técnico fixo do clube.

Ele já passou pela experiência na reta final do Campeonato Brasileiro de 2019, ficando à frente do time alviverde após a demissão de Mano Menezes.