<
>

Brasileiro ex-United lembra 'conversas de m...' de Van Gaal com jogadores e detona: 'Um dos piores'

play
Paul, Mathias e Florentin: veja gols dos irmãos Pogba (2:29)

Paul Pogba, do Manchester United, é o mais famoso do trio; Mathias joga no Manchego, da Espanha, enquanto Florentin atua no Atlanta United, dos EUA (2:29)

Tricampeão da Premier League pelo Manchester United com Alex Ferguson, o lateral-direito Rafael viu sua vida mudar com a chegada do técnico Louis Van Gaal ao time inglês, em 2015.

"Quando disseram que Van Gaal era o treinador, muitos amigos me ligaram. Não pude acreditar, pois muita gente me disse que ele não gosta de brasileiros (por causa do estilo de jogo deles). Eles me disseram: ‘A primeira coisa que ele vai fazer é te mandar embora’”, disse ao "The Athleltic".

O holandês tinha um histórico de problemas com os brasileiros Márcio Santos, Lúcio, Rivaldo e Giovanni.

“Na verdade, foi a segunda coisa porque no primeiro dia ele não falou comigo. No segundo dia, ele disse: ‘Você pode ir embora’ Eu nem tinha treinado e ele falou isso. Eu não pude acreditar”, afirmou.

O laterak respondeu que ainda tentaria lutar para retomar seu espaço. "Fiquei um ano com ele. Foi tão, tão difícil. Ele é uma das piores pessoas com quem já trabalhei”.

Rafael criticou o ego inflado do treinador holandês, que não tinha um bom ambiente em Old Trafford.

“Todos os dias, depois do café da manhã, depois do almoço, ou se jantássemos juntos, ele falava com todos por 15 minutos sobre o treinamento, sobre o que aconteceu, sobre tudo, sobre a vida”, explicou Rafael.

“Sabe quando você começa a parar de ouvir o que alguém está dizendo, porque eles falam muito? Ele queria mostrar que podia falar. Mas era todo dia! O tempo todo!”.

'Você precisa esperar que todos terminem de comer para ir embora, o que está bom. Mas então o vimos falar, por 15 minutos, com todo o respeito, sobre merda. Essa é a verdade, cara. Foi uma merda”.

O brasileiro não gostou da forma autoritária de Van Gaal no dia a dia.

“‘Eu sou assim, você me respeita, você faz o que eu quero. É assim que ele fala. Os jogadores se cansam disso. Você não precisa falar o tempo todo”.

Em 2016. o jogador foi para o Lyon, no qual ficou até o final da úlltma temporada.

“Falo mal de algumas pessoas, como Van Gaal. Não gosto do Van Gaal ', resumiu .